Jornalista elogia “revolução” nas novas TBC e RBC

Em um artigo de opinião publicado no Jornal Diário da Manhã na edição desta sexta-feira (8), o jornalista Luiz Cláudio Cavalcante fala da “revolução” em que as novas TV Brasil Central (TBC) e Rádio Brasil Central (RBC) estão passando nos últimos meses; texto também fala da importância do trabalho conjunto de todos os servidores para o sucesso desta nova fase da Agência Brasil Central (ABC)

Em um artigo de opinião publicado no Jornal Diário da Manhã na edição desta sexta-feira (8), o jornalista Luiz Cláudio Cavalcante fala da “revolução” em que as novas TV Brasil Central (TBC) e Rádio Brasil Central (RBC) estão passando nos últimos meses; texto também fala da importância do trabalho conjunto de todos os servidores para o sucesso desta nova fase da Agência Brasil Central (ABC)
Em um artigo de opinião publicado no Jornal Diário da Manhã na edição desta sexta-feira (8), o jornalista Luiz Cláudio Cavalcante fala da “revolução” em que as novas TV Brasil Central (TBC) e Rádio Brasil Central (RBC) estão passando nos últimos meses; texto também fala da importância do trabalho conjunto de todos os servidores para o sucesso desta nova fase da Agência Brasil Central (ABC) (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Em um artigo de opinião publicado no Jornal Diário da Manhã na edição desta sexta-feira (8/6), o jornalista Luiz Cláudio Cavalcante fala da “revolução” em que as novas TV Brasil Central (TBC) e Rádio Brasil Central (RBC) estão passando nos últimos meses. O texto também fala da importância do trabalho conjunto de todos os servidores para o sucesso desta nova fase da Agência Brasil Central (ABC).

“No Brasil é comum vermos na Administração Pública cargos que servem apenas como cabide de empregos. Sempre reclamamos que as pessoas ocupam cargos de chefia em secretarias, agências e empresas públicas não tem o devido conhecimento na área”, ressaltou ao falar que, atualmente, a situação na ABC é contrário. Segundo o jornalista, os cargos ocupados, atualmente, na estatal estão no comando de pessoas preparadas.

No artigo, intitulado como “Revolução nas ondas do rádio e da TV Brasil Central”, Luiz Cláudio afirma que na nova fase da emissora está sendo priorizado o jornalismo de verdade e não o chamado “chapa branca”. “Tudo isso representa um processo de amadurecimento e respeito às ideias e ideologias divergentes”, diz o texto.

Segundo o jornalista, os servidores das emissoras de rádio e TV estão sendo desafiados a cada dia em produzir o melhor conteúdo a população goiana e que o desafio está sendo cumprido graças ao esforço de todos. “Há tempos eu, como servidor efetivo da ABC, não testemunhava um ritmo de produção efervescente e ativo”, ressaltou.

“Estamos acreditado no resultado deste trabalho, que será fruto do empenho de todos: servidores, do presidente da ABC, integrantes do Legislativo e do governador do Estado”, afirma o texto.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247