Jovair quer ser lembrado como prefeito que revolucionou a saúde

Candidato do PTB tem proposta para enquadrar os postos de atendimento em elevados padrões de excelência, com objetivo de resolver rapidamente os problemas da população; petebista planeja funcionamento dos Cais 24 horas por dia e diz que vai criar a "Linha da Vida" para transportar goianienses que se submetem a sessões de quimioterapia, hemodiálise ou mesmo fisioterapia

Jovair quer ser lembrado como prefeito que revolucionou a saúde
Jovair quer ser lembrado como prefeito que revolucionou a saúde (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 _ "A gestão que revolucionou a saúde pública da Capital". É desta forma que Jovair Arantes (PTB), candidato a prefeito pela coligação Goiânia 24 Horas, quer ser lembrado pelas futuras gerações quando se referirem à sua passagem pela administração municipal - a se iniciar em janeiro de 2013, caso ele seja eleito. Na opinião do petebista, a má qualidade do atendimento nos Cais é o principal nó a ser desatado pelo próximo prefeito da cidade. "Vamos resolver o problema da saúde em Goiânia", assegura. Em entrevista à Rádio D+ em Goiânia, Jovair detalhou a proposta de enquadrar os postos de atendimento em elevados padrões de excelência, com objetivo de resolver com rapidez os problemas da população. O candidato garantiu que, em seu mandato, os índices de satisfação dos pacientes serão tão elevados quanto os registrados nas agências do Vapt-Vupt  e no hospital Crer.

A proposta de Jovair é reformar todos os postos de saúde da Capital nos primeiros seis ou sete meses de governo. O objetivo é reequipar e modernizar as unidades, dotando-as de pelo menos um clínico-geral, um pediatra e um ginecologista. Haverá estrutura necessária para realização de exames básicos, que hoje não são realizados nestes postos. E o mais importante: todos os postos devem funcionar 24 horas por dia.

"Se você tem plano de saúde, vive tranquilo em Goiânia. Se você não tem, só pode adoecer antes das seis da tarde. Se ficar doente à noite, não vai encontra nenhum médico", afirmou o candidato nesta quarta-feira. "O sistema de saúde tem que ser resolutivo. As pessoas que entram nas unidades precisam ter a certeza que só vão sair de lá com o problema resolvido". Os servidores da saúde, por sua vez, também já ouviram de Jovair o compromisso de receber melhores salários e de discutir políticas de valorização profissional.

Outro ponto importante da proposta é a adoção de linhas de ônibus para o exclusivo transporte de pacientes em tratamento continuado. A chamada "Linha da Vida" será a garantia de tranquilidade e segurança para os goianienses que se submetem, por exemplo, a sessões de quimioterapia, hemodiálise ou mesmo fisioterapia.

Gestão


Jovair Arantes também tem planos para melhorar a gestão da rede de atendimento médico da Capital. Ele vai incentivar a participação ativa da comunidade, por meio de instituições que ele chama de "Controles Sociais". Estes "controles" serão formados por entidades de classe e moradores de cada uma das dez administrações regionais a serem criadas. Caberá a eles fiscalizar o funcionamento das unidades de saúde.

O candidato afirma que os prefeitos recentemente eleitos não promoveram valiosas intervenções no sistema de saúde da Capital, e lembra como última grande obra a construção da maternidade Nascer Cidadão - ocorrida na gestão do ex-prefeito Nion Albernaz (PSDB). "O jeito de administrar é o mesmo faz tempo. O prefeito é eleito e nomeia o secretário de saúde; o secretário, por sua vez, nomeia um tanto de apadrinhados e todo mundo finge que trabalha", analisa o candidato.

Caminhada


Na quarta-feira (8), o petebista começou com uma caminhada no Jardim Guanabara, da qual participaram candidatos a vereador da coligação Goiânia 24 Horas e cerca de 80 pessoas. Em entrevista a rádios da Capital, minutos antes da mobilização, Jovair afirmou que, na sua opinião, a campanha em clima de alto astral e que é sensível a aceitação popular às suas propostas. "A população quer mudança. Do jeito que está não dá para continuar", disse o petebista. Ele almoçou com empresários do Sindicato dos Empresários da Construção Civil (Secovi) e o candidato a vice-prefeito Francisco Júnior (PSD).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email