JPMorgan testa emissão de dívidas na blockchain

JPMorgan Chanse & Co testou uma nova plataforma de blockchain para emitir instrumentos financeiros com o Banco Nacional do Canadá e outras empresas; banco disse em um comunicado que está adotando a tecnologia para simplificar alguns processos, como pagamento de taxas de juros e vencimentos; teste espelhava um certificado de depósito Yankee de taxa flutuante de US $ 150 milhões do banco canadense

JPMorgan Chanse & Co testou uma nova plataforma de blockchain para emitir instrumentos financeiros com o Banco Nacional do Canadá e outras empresas; banco disse em um comunicado que está adotando a tecnologia para simplificar alguns processos, como pagamento de taxas de juros e vencimentos; teste espelhava um certificado de depósito Yankee de taxa flutuante de US $ 150 milhões do banco canadense
JPMorgan Chanse & Co testou uma nova plataforma de blockchain para emitir instrumentos financeiros com o Banco Nacional do Canadá e outras empresas; banco disse em um comunicado que está adotando a tecnologia para simplificar alguns processos, como pagamento de taxas de juros e vencimentos; teste espelhava um certificado de depósito Yankee de taxa flutuante de US $ 150 milhões do banco canadense (Foto: Voney Malta)

Isabella Câmara/StartSe - O JPMorgan Chanse & Co testou uma nova plataforma de blockchain para emitir instrumentos financeiros com o Banco Nacional do Canadá e outras grandes empresas. O banco disse em um comunicado que está adotando a tecnologia para simplificar alguns processos, como pagamento de taxas de juros e vencimentos.

O teste, realizado na quarta-feira (18), espelhava um certificado de depósito Yankee de taxa flutuante de US $ 150 milhões do banco canadense. O teste fez com que os bancos refletissem a execução da transação real por meio de um aplicativo de emissão de dívida desenvolvido pelo JPMorgan.

Os bancos investiram milhões de dólares para desenvolver o blockchain, um software criado inicialmente para executar o bitcoin e outras criptomoedas. O aplicativo é projetado para incorporar funções em todo o ciclo de vida da transação do instrumento de dívida, incluindo originação, distribuição, execução e liquidação.

A plataforma foi construída ao longo de mais de um ano usando o Quorum, um tipo de blockchain open-source que o JPMorgan desenvolveu internamente. De acordo com Umar Farooq, chefe de iniciativas de blockchain do JPMorgan, o banco planeja reforçar a equipe do Quorum com dezenas de engenheiros das outras divisões da empresa que se familiarizarem com a tecnologia. Além disso, a companhia está estudando a opção de desmembrar o projeto como uma entidade independente.

“As tecnologias relacionadas ao blockchain têm o potencial de provocar grandes mudanças no setor de serviços financeiros”, disse David Furlong, vice-presidente sênior de inteligência artificial, capital de risco e blockchain do Banco Nacional do Canadá, no comunicado.

Apesar do blockchain estar nos estágios iniciais no setor financeiro, o JPMorgan está otimista sobre o seu potencial. “Nós ainda não vimos muitas coisas em grande escala entrarem em produção ainda. Existem poucos casos em que blockchain pode realmente brilhar”, diz Umar Farooq. A tecnologia está revolucionando o mercado financeiro e se tornando uma grande aliada dos bancos – saiba como em nosso e-book gratuito

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247