Juca Kfouri: Itaquerão "não vai dar certo"

Colunista esportivo observa que "entregar [estádio] no 'último minuto' é mais que arriscado, é problema na certa" e lembra que falou-se hoje, durante vistoria à arena de abertura da Copa, "em cadeiras provisórias, mas não nas instalações provisórias"; jornalista informa que Andrés Sanchez está em nova viagem em busca de vender os direitos do nome do estádio pelo Qatar e faz um alerta: "Itaquera nem pensar! Não vai dar certo"

Colunista esportivo observa que "entregar [estádio] no 'último minuto' é mais que arriscado, é problema na certa" e lembra que falou-se hoje, durante vistoria à arena de abertura da Copa, "em cadeiras provisórias, mas não nas instalações provisórias"; jornalista informa que Andrés Sanchez está em nova viagem em busca de vender os direitos do nome do estádio pelo Qatar e faz um alerta: "Itaquera nem pensar! Não vai dar certo"
Colunista esportivo observa que "entregar [estádio] no 'último minuto' é mais que arriscado, é problema na certa" e lembra que falou-se hoje, durante vistoria à arena de abertura da Copa, "em cadeiras provisórias, mas não nas instalações provisórias"; jornalista informa que Andrés Sanchez está em nova viagem em busca de vender os direitos do nome do estádio pelo Qatar e faz um alerta: "Itaquera nem pensar! Não vai dar certo" (Foto: Gisele Federicce)

247 - O jornalista esportivo Juca Kfouri faz alertas sobre a visita feita hoje pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, ao Itaquerão. Um deles é o de que "entregar [o estádio] no 'último minuto' é mais que arriscado, é problema na certa". O "prazo" foi dado por Valcke após a visita. E o outro é para Andrés Sanchez, que está tentando vender os direitos do nome do estádio: "Itaquera nem pensar! Não vai dar certo". Leia abaixo seu post sobre a visita:

A visita de Valcke vista por dentro

Jérôme Valke esteve hoje no estádio da abertura da Copa e saiu de lá conformado, embora preocupado.

Ele sabe que entregar no "último minuto" é mais que arriscado, é problema na certa.

Note duas coisas que só quem está por dentro do COL notou: falou-se em cadeiras provisórias, mas não nas instalações provisórias, que o Corinthians garantiu que pagaria e que a Fifa terá de suportar.

Mesmo sabendo que não há mais tempo e que será tudo precário, para azar da imprensa mundial que estará em São Paulo.

Note, também, que, mais uma vez, Valke e Andrés Sanchez, o chefe das obra, não se encontraram.

Sanchez está, esta é a explicação oficial, em nova viagem em busca de vender os direitos do nome do estádio pelo Qatar e adjacências.

Itaquera nem pensar!

Não vai dar certo.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247