Justiça do RS denuncia Inter por injúria racial

A procuradoria do TJD-RS entregou as denúncias referentes ao jogo do Inter contra o Ypiranga, na última quarta (2), pelo Campeonato Gaúcho/ o clube foi enquadrado por supostas injúrias raciais contra Fabrício e pode levar multa e perder mandos de campo. A Justiça também denunciou o lateral por ofender a torcida; o jogador pode pegar suspensão de até 12 partidas. Os dois julgamentos, que ainda não foram confirmados, ocorram entre terça e quarta-feira da próxima semana.

A procuradoria do TJD-RS entregou as denúncias referentes ao jogo do Inter contra o Ypiranga, na última quarta (2), pelo Campeonato Gaúcho/ o clube foi enquadrado por supostas injúrias raciais contra Fabrício e pode levar multa e perder mandos de campo. A Justiça também denunciou o lateral por ofender a torcida; o jogador pode pegar suspensão de até 12 partidas. Os dois julgamentos, que ainda não foram confirmados, ocorram entre terça e quarta-feira da próxima semana.
A procuradoria do TJD-RS entregou as denúncias referentes ao jogo do Inter contra o Ypiranga, na última quarta (2), pelo Campeonato Gaúcho/ o clube foi enquadrado por supostas injúrias raciais contra Fabrício e pode levar multa e perder mandos de campo. A Justiça também denunciou o lateral por ofender a torcida; o jogador pode pegar suspensão de até 12 partidas. Os dois julgamentos, que ainda não foram confirmados, ocorram entre terça e quarta-feira da próxima semana. (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul 247 – A procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS) entregou na tarde desta terça-feira (7) as denúncias referentes ao jogo do Inter contra o Ypiranga, na última quarta (2), pelo Campeonato Gaúcho. O colorado foi enquadrado por supostas injúrias raciais contra o lateral esquerdo Fabrício. O clube pode levar multa e perder mandos de campo. A Justiça também denunciou o jogador por ofender a torcida com gesto obsceno. Ele pode pegar suspensão de até 12 partidas. Os dois julgamentos, que ainda não foram confirmados, ocorram entre terça e quarta-feira da próxima semana.

O Inter foi denunciado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por "praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência". A multa pode variar de R$ 100 a R$ 100 mil.

O presidente do TJD-RS, Roberto Pimentel, disse ao GloboEsporte.com que as denúncias já foram protocoladas. Não há chance de o Campeonato Gaúcho ser paralisado antes do início das quartas de final. Segundo o procurador Alberto Franco, a perda de mando de campo não tem pena máxima, mas não deve passar de uma partida, caso o clube seja punido.

Com relação ao jogador Fabrício, a direção do Inter oficializou na segunda-feira o seu afastamento. Cansado de ouvir o time ser vaiado, Fabrício fez gesto obsceno para a torcida e foi expulso pelo da partida. Depois de receber o cartão vermelho, jogou a camisa do clube no chão.

O procurador havia informado que Fabrício pode ser enquadrado em ao menos dois artigos no TJD-RS: o 243-F – ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto - ou 258 - assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste código. 

Veja o vídeo: 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247