Justiça indefere candidatura de ex-prefeito de Nova Russas

Marcos Alberto Martins teve o registro de sua candidatura à Prefeitura de Nova Russas indeferido pela Justiça. Ele exerceu o cargo de prefeito do município entre 2008 e 2011, quando foi cassado pela Câmara Municipal. O parecer do Ministério Público Eleitoral pelo indeferimento foi emitido após denúncia de um cidadão

Marcos Alberto Martins teve o registro de sua candidatura à Prefeitura de Nova Russas indeferido pela Justiça. Ele exerceu o cargo de prefeito do município entre 2008 e 2011, quando foi cassado pela Câmara Municipal. O parecer do Ministério Público Eleitoral pelo indeferimento foi emitido após denúncia de um cidadão
Marcos Alberto Martins teve o registro de sua candidatura à Prefeitura de Nova Russas indeferido pela Justiça. Ele exerceu o cargo de prefeito do município entre 2008 e 2011, quando foi cassado pela Câmara Municipal. O parecer do Ministério Público Eleitoral pelo indeferimento foi emitido após denúncia de um cidadão (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - Atendendo à ação da promotora eleitoral Lívia Cristina Araújo, da 48ª Zona Eleitoral de Nova Russas e Ararendá, o juiz Bernardo Raposo Vidal indeferiu o registro de Marcos Alberto Martins como candidato a prefeito de Novas Russas. Ele já ocupou o mesmo cargo anteriormente, tendo sido eleito no pleito de 2008, mas teve seu mandato cassado pela Câmara Municipal em agosto de 2011.

O parecer do Ministério Público Eleitoral pelo indeferimento foi emitido após denúncia de um cidadão de que Marcos Alberto encontrava-se inelegível. Após levantamento da promotora de Justiça, constatou-se que o pretenso postulante à Prefeitura de Nova Russas infringiu a Constituição Estadual e Lei Orgânica Municipal e “suas condutas representam, ainda, crimes de responsabilidade, tornando-se, pois, inelegível para as eleições que se realizarem durante o período de oito anos subsequentes ao término daquele mandato, ou seja, até 2020”.

Ainda segundo a representante do MP Eleitoral, “o requerente não adotou comportamento visando o bem geral da coletividade de Nova Russas, sobretudo ao negligenciar na defesa de bens, rendas, direitos ou interesses do Município, sujeitos à sua administração”, argumentou na petição.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247