Justiça já impugnou 24 candidaturas majoritárias

Cidade que se destaca é Camamu; dos cinco candidatos, incluindo a atual prefeita Ioná Queiroz (PT), apenas o peemedebista Chico Vasconcelos teve seu registro aprovado pela Justiça Eleitoral; em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, a vice-prefeita que tenta conquistar o comando do Executivo, Tereza Giffoni (PSDB), também foi barrada

Justiça já impugnou 24 candidaturas majoritárias
Justiça já impugnou 24 candidaturas majoritárias (Foto: Divulgação)

Bahia 247

Pelo menos 24 dos 1.144 pedidos de registro de candidatura já foram impugnados na Bahia. Os números constam em levantamento do jornal Tribuna da Bahia com base em dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em uma semana, mais de 15 concorrentes das chapas majoritárias entraram na lista daqueles que correm o risco de não serem empossados, caso ganhem nas urnas.

Os resultados, embora não impeçam os postulantes de permanecerem em campanha, movimentam o cenário eleitoral de alguns municípios baianos.

Entre os casos que mais chamam atenção, está o de Camamu, cidade no baixo sul do estado, a 188 km de Salvador. O juiz da 78ª Zona Eleitoral, João Paulo Guimarães Neto, impugnou quatro das cinco candidaturas à prefeitura do município.

Lá, entre os que não foram liberados para concorrer, estão Ioná Queiroz (PT) – atual prefeita, à esquerda na foto, Américo José da Silva (PSD), José Raimundo Assunção Santos (PP) e Idalina Rocha de Miranda (DEM). O único pedido deferido na cidade foi o de Francisco Vasconcelos (PMDB).

Em Camaçari, maior cidade da Região Metropolitana de Salvador, a atual vice-prefeita Tereza Giffoni (PSDB), que tenta chegar ao comando do Executivo, entrou na lista, juntamente com sua candidata a vice, Iaraci Dias, e toda a chapa de candidatos a vereador.

Entraram na relação dos indeferidos candidatos de Barro Preto, Itacaré, Buararema, Esplanada, Terra Nova, Ipirá, Conde, Santo Antônio de Jesus e Floresta Azul. Em Barro Preto, estão na lista o atual prefeito Adriano Clementino (PMDB) e o ex-prefeito José Bomfim dos Santos (PDT). Em Conde, Paulo Almeida de Oliveira (PSD), está impedido de concorrer.

Já em Itacaré, o ex-prefeito Jarbas Barbosa (PSB), teve o registro indeferido. Além dele, o candidato José Alves Sobrinho dos Reis (PHS), também foi apontado. Em Buerarema, o ex-prefeito Orlando Filho (PRTB), também foi citado por contas rejeitadas no pleito de 2000 a 2004. Pela mesma razão, o candidato José Aldemir da Cruz (PRB) foi impedido de disputar em Esplanada.

E não para por aí. Foram impugnados ainda os pedidos do prefeito de Terra Nova, Francisco Hélio de Souza (PMDB); Álvaro Veloso Bessa, de Santo Antônio de Jesus. Em Ipirá, a impugnação ficou com o ex-prefeito Antônio João Colonezzi Oliveira (PP), e, em Floresta Azul, depois da candidata Sandra Cardoso Marcelino (DEM) ter sido impugnada, o ex-prefeito Carlos Amilton de Oliveira Santos (PSB) também foi listado.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247