Kassab mira Marconi para disputa presidencial pelo PSD

Presidente do PSD tem conversado com o governador goiano sobre uma possível disputa do Planalto em 2018; Gilberto Kassab cederia a vaga e a estrutura do partido partido para o voo nacional de Marconi Perillo; tucano também já foi sondado pelo PP para o pleito presidencial

Presidente do PSD tem conversado com o governador goiano sobre uma possível disputa do Planalto em 2018; Gilberto Kassab cederia a vaga e a estrutura do partido partido para o voo nacional de Marconi Perillo; tucano também já foi sondado pelo PP para o pleito presidencial
Presidente do PSD tem conversado com o governador goiano sobre uma possível disputa do Planalto em 2018; Gilberto Kassab cederia a vaga e a estrutura do partido partido para o voo nacional de Marconi Perillo; tucano também já foi sondado pelo PP para o pleito presidencial (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A coluna Esplanada, do jornalista Leandro Mazzini e que é publicada em vários jornais, avalia nesta terça-feira o cenário das eleições para 2018 “Os grandes partidos não param de negociar, desde já, os seus nomes para o pleito presidencial de 2018”, diz o texto.

“Gilberto Kassab pode ceder o PSD para o senador José Serra, que o lançou na política. Mas Kassab também conversa muito com o governador Marconi Perillo (PSDB-GO)”, afirma a coluna.

Marconi também já foi sondado pelo PP para o pleito presidencial. Dentro do PSDB, o goiano também é uma das principais forças do partido, junto com o senador Aécio Neves, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o governador Geraldo Alckmin.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247