Kátia Abreu tenta retomar apoio dos ruralistas

Alvo de um pedido de expulsão do PMDB, a senadora Kátia Abreu (TO) tenta sua reeleição como presidente da Faet (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins), que acontece em outubro; ela tenta se reaproximar da classe da qual perdeu o apoio quando ficou ao lado de Dilma Rousseff no processo de impeachment

Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Foto: Jane de Araújo/Agência Senado (Foto: Gisele Federicce)

Tocantins 247 - Alvo de um pedido de expulsão do PMDB, a senadora Kátia Abreu (TO) tenta se reaproximar dos ruralistas no Estado.

Kátia vai tentar se reeleger como presidente da Faet (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins), em outubro, informa reportagem de Cecília Santos, na Folha.

A parlamentar perdeu o apoio da classe quando ficou ao lado de Dilma Rousseff no processo de impeachment. Os ruralistas defendiam com fervor a saída de Dilma.

Para a reeleição da federação, a senadora garante que tem o voto de 31 dos 40 presidentes de sindicatos rurais, como afirmou no fim de julho em uma reunião com parte deles.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247