Kennedy Alencar: Paulo Preto é a prova da blindagem ao PSDB

O jornalista Kennedy Alencar afirma em seu blog que o escândalo em torno das operações fraudulentas de Paulo Vieira da Costa, o Paulo Preto, confirma a proteção da Lava-Jato e da Polícia Federal ao PSDB; para Kennedy, o argumento da Lava-Jato de que seria mais difícil investigar a corrupção do PSDB do que a do PT é falso; o jornalista diz: “é a mesma lógica aplicada pelas empreiteiras na Petrobras, a de se organizar como cartel”

O jornalista Kennedy Alencar afirma em seu blog que o escândalo em torno das operações fraudulentas de Paulo Vieira da Costa, o Paulo Preto, confirma a proteção da Lava-Jato e da Polícia Federal ao PSDB; para Kennedy, o argumento da Lava-Jato de que seria mais difícil investigar a corrupção do PSDB do que a do PT é falso; o jornalista diz: “é a mesma lógica aplicada pelas empreiteiras na Petrobras, a de se organizar como cartel”
O jornalista Kennedy Alencar afirma em seu blog que o escândalo em torno das operações fraudulentas de Paulo Vieira da Costa, o Paulo Preto, confirma a proteção da Lava-Jato e da Polícia Federal ao PSDB; para Kennedy, o argumento da Lava-Jato de que seria mais difícil investigar a corrupção do PSDB do que a do PT é falso; o jornalista diz: “é a mesma lógica aplicada pelas empreiteiras na Petrobras, a de se organizar como cartel” (Foto: Gustavo Conde)

247 – O jornalista Kennedy Alencar afirma em seu blog que o escândalo em torno das operações fraudulentas de Paulo Vieira da Costa, o Paulo Preto, confirma a proteção da Lava-Jato e da Polícia Federal ao PSDB. Para Kennedy, o argumento da Lava-Jato de que seria mais difícil investigar a corrupção do PSDB do que a do PT é falso.  Ele diz: “é a mesma lógica aplicada pelas empreiteiras na Petrobras, a de se organizar como cartel”.

“A Lava Jato dizia que era mais difícil investigar a corrupção de tucanos porque eles não estavam no governo central. Era o PT que detinha essa posição até a queda de Dilma Rousseff em 2016. Mas a Lava Jato demorou a chegar em figuras manjadas, como é o caso dessa suspeita apontada em reportagem de Mario Cesar Carvalho na “Folha de São Paulo”.

Leia mais aqui

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247