Kremlin: acusações sobre a Euro 2016 são russofobia

O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitri Peskov, comentou a publicação do jornal The Guardian sobre os supostos vínculos com o governo russo dos torcedores envolvidos em brigas na França; “É mais um exemplo de até que ponto alguns indivíduos chegam em sua russofobia”, disse Peskov  

O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitri Peskov, comentou a publicação do jornal The Guardian sobre os supostos vínculos com o governo russo dos torcedores envolvidos em brigas na França; “É mais um exemplo de até que ponto alguns indivíduos chegam em sua russofobia”, disse Peskov
 
O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitri Peskov, comentou a publicação do jornal The Guardian sobre os supostos vínculos com o governo russo dos torcedores envolvidos em brigas na França; “É mais um exemplo de até que ponto alguns indivíduos chegam em sua russofobia”, disse Peskov   (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitri Peskov, comentou a publicação do jornal The Guardian sobre os supostos vínculos com o governo russo dos torcedores envolvidos em brigas na França.

“É mais um exemplo de até que ponto alguns indivíduos chegam em sua russofobia”, disse Peskov.

No dia 18 de junho, o jornal britânico The Guardian escreveu que os acontecimentos na França “despertaram temores no governo britânico de que a violência houvesse sido autorizada pelo Kremlin e que a maioria dos torcedores envolvidos em brigas fossem representantes dos órgãos de poder russos”.

No dia 11 de junho, Na última semana, depois do jogo entre Inglaterra e Rússia, vários torcedores russos invadiram um setor reservado a torcedores ingleses, arrancando cadeiras e atirando objetos. A UEFA multou a União de Futebol da Rússia em 150 mil euros. Mais de 20 torcedores russos foram expulsos do país.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247