Levy Fidelix: condenação foi um prêmio

Condenado a pagar R$ 1 milhão por ‘declarações homofóbicas’, ex-candidato à Presidência da República Levy Fidelix (PRTB) afirma que defendeu a família: “Para mim não é condenação, primeiro que é 1ª instância. É uma posição, com o devido respeito à juíza. Para mim, foi no bom sentido um prêmio. Mostrou-se que a minha pretensão de defender a família ficou muito mais forte. Claro, haverá recurso”, disse

SP - ELEI��ES/DEBATE/PRESIDENTE - POL�TICA - O candidato � Presid�ncia da Rep�blica pelo PRTB, Levy Fidelix, ap�s o debate com os candidatos � Presid�ncia da Rep�blica promovido pelo UOL, Folha de S. Paulo, SBT e a r�dio Jovem Pan, no est�dio do SBT, em S
SP - ELEI��ES/DEBATE/PRESIDENTE - POL�TICA - O candidato � Presid�ncia da Rep�blica pelo PRTB, Levy Fidelix, ap�s o debate com os candidatos � Presid�ncia da Rep�blica promovido pelo UOL, Folha de S. Paulo, SBT e a r�dio Jovem Pan, no est�dio do SBT, em S (Foto: Roberta Namour)

247 – O ex-candidato à Presidência da República Levy Fidelix (PRTB) minimizou sua condenação a pagar R$ 1 milhão por ‘declarações homofóbicas’ na campanha de 2014. “Para mim não é condenação, primeiro que é 1ª instância. É uma posição, com o devido respeito à juíza. Para mim, foi no bom sentido um prêmio. Mostrou-se que a minha pretensão de defender a família ficou muito mais forte. Claro, haverá recurso”, disse em entrevista ao ‘Estado de S. Paulo’ (leia aqui).

Ele foi processado após declaração em um debate político na TV. Questionado sobre a então adversária Luciana Genro (PSOL) sobre reconhecimento de casais do mesmo sexo como família, Fidelix disse que nunca havia visto procriação entre pessoas do mesmo sexo e que preferiria perder votos a apoiar homossexuais.

“Aparelho excretor não reproduz”, afirmou. “Como é que pode um pai de família, um avô, ficar aqui escorado porque tem medo de perder voto? Prefiro não ter esses votos”, disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247