Líder do governo nega divergência com Carballal

Líder da bancada do governo na Câmara, o vereador Joceval Rodrigues (PPS) nega que esteja havendo "qualquer divergência" entre o bloco e o colega Henrique Carballal, que foi expulso do PT (oposição) e ainda não tem novo partido definido; "É um vereador que chega pra somar", diz Joceval; "É uma informação que não procede. Não há qualquer desentendimento dos vereadores que compõem a bancada com o vereador Carballal"

Líder da bancada do governo na Câmara, o vereador Joceval Rodrigues (PPS) nega que esteja havendo "qualquer divergência" entre o bloco e o colega Henrique Carballal, que foi expulso do PT (oposição) e ainda não tem novo partido definido; "É um vereador que chega pra somar", diz Joceval; "É uma informação que não procede. Não há qualquer desentendimento dos vereadores que compõem a bancada com o vereador Carballal"
Líder da bancada do governo na Câmara, o vereador Joceval Rodrigues (PPS) nega que esteja havendo "qualquer divergência" entre o bloco e o colega Henrique Carballal, que foi expulso do PT (oposição) e ainda não tem novo partido definido; "É um vereador que chega pra somar", diz Joceval; "É uma informação que não procede. Não há qualquer desentendimento dos vereadores que compõem a bancada com o vereador Carballal" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Líder da bancada do governo na Câmara Municipal, o vereador Joceval Rodrigues (PPS) nega que esteja havendo "qualquer divergência" entre o bloco e o colega Henrique Carballal, que foi expulso do PT (oposição) e ainda não tem novo partido definido. "É um vereador que chega pra somar", diz Joceval.

Ele acrescenta que "a bancada de governo é coesa" e que "não há espaço para intrigas". "É uma informação que não procede. Não há qualquer desentendimento dos vereadores que compõem a bancada com o vereador Carballal. Ele é um vereador que chega para somar, não havendo qualquer restrição ao seu nome".

Carballal foi expulso do PT por seu posicionamento favorável ao prefeito ACM Neto (DEM) desde a posse do democrata, em 2012. Aliviado com a expulsão do PT, ele disse que estava indo para o 'PPN, partido do prefeito Neto'. Entre as possíveis legendas para o ex-petista, estão PSDB, PPS e o próprio DEM.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247