Líder esclarece sobre licitação para obras do Acquario Ceará

Após críticas dos parlamentares a respeito de gastos com as obras do Acquario Ceará, o líder do governo na Assembleia Legislativa, Evandro Leitão (PDT), esclareceu que a licitação para obras, publicada no Diário Oficial do Estado, é a prorrogação e a revalidação das propostas da licitação realizada em agosto de 2015 e reforçou que não haverá novos recursos públicos investidos no empreendimento. "Não existe recurso novo, não existe custo adicional para essa obra; não há divergência com a declaração do governador de que não aplicaria mais recursos na obra", reiterou

Após críticas dos parlamentares a respeito de gastos com as obras do Acquario Ceará, o líder do governo na Assembleia Legislativa, Evandro Leitão (PDT), esclareceu que a licitação para obras, publicada no Diário Oficial do Estado, é a prorrogação e a revalidação das propostas da licitação realizada em agosto de 2015 e reforçou que não haverá novos recursos públicos investidos no empreendimento. "Não existe recurso novo, não existe custo adicional para essa obra; não há divergência com a declaração do governador de que não aplicaria mais recursos na obra", reiterou
Após críticas dos parlamentares a respeito de gastos com as obras do Acquario Ceará, o líder do governo na Assembleia Legislativa, Evandro Leitão (PDT), esclareceu que a licitação para obras, publicada no Diário Oficial do Estado, é a prorrogação e a revalidação das propostas da licitação realizada em agosto de 2015 e reforçou que não haverá novos recursos públicos investidos no empreendimento. "Não existe recurso novo, não existe custo adicional para essa obra; não há divergência com a declaração do governador de que não aplicaria mais recursos na obra", reiterou (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão (PDT), esclareceu nesta terça-feira (18) a licitação para obras do Acquario Ceará, que foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

Contestando criticas da oposição, ele informou que o que foi publicado no DOE é a prorrogação e a revalidação das propostas da licitação realizada em agosto de 2015, e tem como escopo as intervenções previstas nos 25% finais da obra de engenharia civil, de responsabilidade da Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra). “Não há nova licitação. Nada mais é que uma revalidação do processo licitatório que aconteceu em agosto de 2015”, disse.

O parlamentar reforçou declaração do governador Camilo Santana (PT) de que não haveria recursos novos investidos no empreendimento. “Não existe recurso novo, não existe custo adicional para essa obra; não há divergência com a declaração do governador de que não aplicaria mais recursos na obra”, reiterou.

O pedetista informou que a conclusão dos 25% da chamada superestrutura e a manutenção do que foi feito até agora vai garantir as condições para a concessão do equipamento. “A empresa que assumir vai concluir o empreendimento instalando o Acquário em si. Ou seja, os tanques, toda tecnologia, a vida marinha etc”, explicou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247