Líder tucano prevê ‘onda’ pró-golpe no dia da votação

Para o líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, o resultado de 38 votos a 27 pela aprovação do relatório do impeachment na comissão especial que analisa o processo foi "extraordinário"; com o resultado, Imbassahy espera "forte repercussão" na votação em plenário, prevista para o final de semana; "A votação de ontem (11) foi apenas um primeiro momento do processo, e, do ponto de vista psicológico deverá impulsionar novas adesões, levar outros parlamentares a aderirem ao movimento pró-impeachment"

Imbassahy
Imbassahy (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Para o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antônio Imbassahy, o resultado de 38 votos a 27 pela aprovação do relatório do impeachment na comissão especial que analisa o processo foi "extraordinário".

Com o resultado, Imbassahy espera "forte repercussão" na votação em plenário, prevista para o final de semana. "Esse resultado tem um grande significado. Vale lembrar que a composição dessa comissão foi feita seguindo orientação do governo para que os deputados indicados fossem ligados à base de Dilma", diz Imbassahy.

O tucano acrescenta que "a votação de ontem (11) foi apenas um primeiro momento do processo, e, do ponto de vista psicológico deverá impulsionar novas adesões", levar outros parlamentares a aderirem ao movimento pró-impeachment.

"Nós sabemos como funciona a Casa. Temos um ambiente que cada vez mais se configura como uma onda batendo a favor do impedimento da presidente".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247