Lucro trimestral da Verizon cresce com ajuda de reforma tributária nos EUA

A Verizon estimou que o impacto da mudança no lucro por ação no ano encerrado em 31 de dezembro seria de quase 4,10 dólares.

Lucro trimestral da Verizon cresce com ajuda de reforma tributária nos EUA
Lucro trimestral da Verizon cresce com ajuda de reforma tributária nos EUA
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - A norte-americana Verizon Communications registrou um salto no lucro trimestral, ajudada pela reforma tributária e novas assinaturas mensais.

A operadora de telefonia móvel n° 1 dos EUA informou na semana passada que a mudança tributária, convertida em lei pelo presidente dos EUA, Donald Trump, no fim do ano passado, resultaria em uma redução extraordinária líquida de passivos fiscais diferidos de 16,8 bilhões de dólares.

A Verizon estimou que o impacto da mudança no lucro por ação no ano encerrado em 31 de dezembro seria de quase 4,10 dólares.

O lucro líquido atribuído à Verizon foi de 18,7 bilhões de dólares, ou 4,56 dólar por ação, no quarto trimestre encerrado em 31 de dezembro, ante resultado positivo de 4,5 bilhões de dólares, ou 1,10 dólar por ação, no mesmo período de 2016.

Excluindo itens extraordinários como a mudança tributária, o lucro foi de 0,86 dólar por ação.

A receita total subiu para 34 bilhões de dólares no último trimestre de 2017 ante 32,34 bilhões de dólares um ano antes.

De acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S, os analistas esperavam lucro ajustado por ação de 0,88 dólar e receita de 33,26 bilhões de dólares.

A Verizon disse que adicionou 431 mil assinantes de telefonia que pagam conta mensal.

Por Anjali Athavaley

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247