Luislinda Valois teria feito pedido pessoal a Janot para beneficiar filho

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, pediu ao então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que seu filho, Luis Fausto, promotor de Justiça do Ministério Público (MP) de Sergipe, ganhasse uma vaga de representante dos MPs dos estados no Conselho Nacional de Justiça; o pedido foi negado pela PGR, segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo

Luislinda Valois
Luislinda Valois (Foto: Charles Nisz)

Bahia 247 - Algum tempo antes da delação da JBS, a ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois (sem partido) teria feito um pedido pessoal ao então procurador-geral da República, Rodrigo Janot.  

De acordo com o colunista Lauro Jardim do jornal O Globo, a ministra pediu a Janot que seu filho, Luis Fausto, promotor de Justiça do Ministério Público (MP) de Sergipe, ganhasse uma vaga de representante dos MPs dos estados no Conselho Nacional de Justiça.

Apesar da indicação do cargo ser efetivamente da Procuradoria Geral da República, o pedido acabou não sendo atendido.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247