Lula defende Wagner para presidência do PT

Afastando a possibilidade de voltar ao comando do PT, o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido; o atual presidente da legenda, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018; estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha

Afastando a possibilidade de voltar ao comando do PT, o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido; o atual presidente da legenda, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018; estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha
Afastando a possibilidade de voltar ao comando do PT, o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido; o atual presidente da legenda, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018; estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Afastando a possibilidade de voltar ao comando do Partido dos Trabalhadores (PT), o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido.

O atual presidente do partido, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018. Segundo Falcão, a troca do comando do PT deve acontecer ainda no primeiro semestre de 2017.

Estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha.

O diretório do PT se reunirá no próximo dia 7 de outubro para definir como será feita a troca do comando, se por meio de um Processo de Eleição Direta (PED), como acontece atualmente, ou se será por meio de um congresso da sigla.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247