Lula defende Wagner para presidência do PT

Afastando a possibilidade de voltar ao comando do PT, o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido; o atual presidente da legenda, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018; estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha

Afastando a possibilidade de voltar ao comando do PT, o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido; o atual presidente da legenda, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018; estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha
Afastando a possibilidade de voltar ao comando do PT, o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido; o atual presidente da legenda, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018; estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Afastando a possibilidade de voltar ao comando do Partido dos Trabalhadores (PT), o ex-presidente Lula defende o nome do ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner para assumir a presidência do Diretório Nacional do partido.

O atual presidente do partido, Rui Falcão, afirma que o PT vai antecipar as eleições internas, e que está em busca de alguém "mais jovem" para comandar a legenda durante as eleições de 2018. Segundo Falcão, a troca do comando do PT deve acontecer ainda no primeiro semestre de 2017.

Estariam no páreo ainda os nomes dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Humberto Costa (PE), mas a preferência de Lula por Jaques Wagner terá impacto na escolha.

O diretório do PT se reunirá no próximo dia 7 de outubro para definir como será feita a troca do comando, se por meio de um Processo de Eleição Direta (PED), como acontece atualmente, ou se será por meio de um congresso da sigla.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247