Lula: “eles não têm coragem de reconhecer que eu sou inocente”

Durante ato em Governador Valadares nesta terça-feira, 24, em seu segundo dia de caravana por Minas Gerais, o ex-presidente Lula voltou a criticar a caçada judicial e midiática a que vem sendo submetido no País; "Eles já encontraram dinheiro na casa de todo mundo. Não na minha. Por que não vão na televisão pedir desculpas? Todo mundo é contra corrupção. O errado é um setor da PF e do Ministério Público se subordinarem à imprensa. Eles não têm coragem de reconhecer que eu sou inocente", disse Lula; "Eu não vou me contentar se essa gente não pedir desculpas pra mim", acrescentou o ex-presidente

Durante ato em Governador Valadares nesta terça-feira, 24, em seu segundo dia de caravana por Minas Gerais, o ex-presidente Lula voltou a criticar a caçada judicial e midiática a que vem sendo submetido no País; "Eles já encontraram dinheiro na casa de todo mundo. Não na minha. Por que não vão na televisão pedir desculpas? Todo mundo é contra corrupção. O errado é um setor da PF e do Ministério Público se subordinarem à imprensa. Eles não têm coragem de reconhecer que eu sou inocente", disse Lula; "Eu não vou me contentar se essa gente não pedir desculpas pra mim", acrescentou o ex-presidente
Durante ato em Governador Valadares nesta terça-feira, 24, em seu segundo dia de caravana por Minas Gerais, o ex-presidente Lula voltou a criticar a caçada judicial e midiática a que vem sendo submetido no País; "Eles já encontraram dinheiro na casa de todo mundo. Não na minha. Por que não vão na televisão pedir desculpas? Todo mundo é contra corrupção. O errado é um setor da PF e do Ministério Público se subordinarem à imprensa. Eles não têm coragem de reconhecer que eu sou inocente", disse Lula; "Eu não vou me contentar se essa gente não pedir desculpas pra mim", acrescentou o ex-presidente (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 - Durante ato em Governador Valadares nesta terça-feira, 24, em seu segundo dia de eventos na caravana de Minas Gerais, o ex-presidente Lula voltou a criticar a caçada judicial e midiática a que vem sendo submetido no País.

"Eles não têm a menor dimensão de que o Lula não é o Lula, o Lula é a consciência política de vocês. Eles já encontraram dinheiro na casa de todo mundo. Não na minha. Por que não vão na televisão pedir desculpas? Todo mundo é contra corrupção. O errado é um setor da PF e do Ministério Público se subordinarem à imprensa. Eles não têm coragem de reconhecer que eu sou inocente", disse Lula. "Eu não vou me contentar se essa gente não pedir desculpas pra mim", acrescentou o ex-presidente. 

Mais cedo, em um breve discurso durante visita a viveiro de mudas do MST no município de Periquito, Lula destacou que o governo Temer está "entregando a Petrobras e a indústria naval" e lamentou que "acabaram com o dinheiro do PAA, programa de alimentos que nós fizemos". "Diminuíram o crédito ao Pronaf para o pequeno produtor", disse ainda.

"Tudo que se come no Brasil é produzido pela pequena propriedade rural. Daí a importância de fortalecer o pequeno produtor no país", ressaltou Lula.

"Em 12 anos fizemos 51% de tudo que aconteceu em 500 anos da história do Brasil em relação aos assentamentos. E ainda falta fazer muito mais", afirmou.

Antes de Governador Valadares, Lula fez uma visita a um viveiro de mudas do MST, na cidade de Periquito.

Confira a íntegra do discurso:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247