Lula entra com tudo na campanha de Haddad

Segundo a colunista Natuza Nery, o PT pretende usar a figura de Lula para reacender a militância nas periferias da capital paulista e prepara uma espécie de "caravana" do ex-presidente por bairros do extremo sul e extremo leste da cidade na tentativa de reabilitar a ligação com eleitores; PT avalia que precisa se contrapor às figuras de Marta Suplicy (PMDB) e Luiza Erundina (PSOL), que têm presença forte nos bairros mais pobres; Lula também deve servir de cabo eleitoral em municípios da Grande São Paulo "de perfil mais popular", onde o ex-presidente tem mais influência

Segundo a colunista Natuza Nery, o PT pretende usar a figura de Lula para reacender a militância nas periferias da capital paulista e prepara uma espécie de "caravana" do ex-presidente por bairros do extremo sul e extremo leste da cidade na tentativa de reabilitar a ligação com eleitores; PT avalia que precisa se contrapor às figuras de Marta Suplicy (PMDB) e Luiza Erundina (PSOL), que têm presença forte nos bairros mais pobres; Lula também deve servir de cabo eleitoral em municípios da Grande São Paulo "de perfil mais popular", onde o ex-presidente tem mais influência
Segundo a colunista Natuza Nery, o PT pretende usar a figura de Lula para reacender a militância nas periferias da capital paulista e prepara uma espécie de "caravana" do ex-presidente por bairros do extremo sul e extremo leste da cidade na tentativa de reabilitar a ligação com eleitores; PT avalia que precisa se contrapor às figuras de Marta Suplicy (PMDB) e Luiza Erundina (PSOL), que têm presença forte nos bairros mais pobres; Lula também deve servir de cabo eleitoral em municípios da Grande São Paulo "de perfil mais popular", onde o ex-presidente tem mais influência (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se prepara para entrar de cabeça na campanha à reeleição do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT). 

Segundo a colunista Natuza Nery, o PT pretende usar a figura de Lula para reacender a militância nas periferias da capital paulista e prepara uma espécie de "caravana" do ex-presidente por bairros do extremo sul e extremo leste da cidade na tentativa de reabilitar a ligação com eleitores. Lula também deve servir de cabo eleitoral em municípios da Grande São Paulo "de perfil mais popular", onde o ex-presidente tem mais influência.

O PT avalia que precisa se contrapor às figuras de Marta Suplicy (PMDB) e Luiza Erundina (PSOL), que têm presença forte nos bairros mais pobres.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247