Lula: estão vendendo o patrimônio do País

Em Francisco Sá, Minas Gerais, Lula diz que "o cara que não sabe governar começa a vender o patrimônio do país"; "Se o povo achar que eu devo ser candidato, eu quero concorrer contra eles, contra o candidato da Globo", declarou, sobre 2018; o ex-presidente voltou a criticar a perseguição da Lava Jato e desafiou a força-tarefa "a provar um real de errado na minha vida"; "Eles já acharam dinheiro com todo mundo, aqui em Minas até um helicóptero com 400 quilos de cocaína acharam", destacou, sobre o caso envolvendo o senador Zezé Perrella (PMDB-MG), aliado de Aécio Neves (PSDB-MG); em nova crítica ao golpe, comparou: "Como Deus escreve certo por linhas tortas, as pessoas que diziam que a Dilma era uma desgraça, perceberam que Temer e desgraça e meia"

Lula
Lula (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 - O ex-presidente Lula denunciou a venda do patrimônio do País pelo governo Temer em novo discurso em Minas Gerais, na cidade de Francisco Sá, na noite desta quinta-feira 26.

"Eles estão vendendo tudo. O cara que não sabe governar começa a vender o patrimônio do país", criticou Lula.

Sobre 2018, Lula disse estar pronto para ser julgado nas urnas. "Eu não tenho nenhum problema em não ser candidato. Se o povo achar que eu não devo concorrer. Aceito humildemente", afirmou. "Se o povo achar que eu devo ser candidato, eu quero concorrer contra eles, contra o candidato da Globo", disse.

O ex-presidente voltou a criticar a perseguição Judiciária e midiática contra ele e desafiou a Lava Jato "a provar um real de errado na minha vida". "Eles já acharam dinheiro com todo mundo, aqui em Minas até um helicóptero com 400 quilos de cocaína acharam", destacou, sobre o caso envolvendo o senador Zezé Perrella (PMDB-MG), aliado de Aécio Neves (PSDB-MG). "Todo dia tem uma acusação contra mim e todo dia não tem uma prova", completou.

Lula fez nova crítica ao golpe contra Dilma Rousseff, com o apoio da mídia. "A elite perversa resolveu inventar uma mentira pra afastar a Dilma, aquilo repetia na Globo todo dia e a Dilma caiu". E comparou: "Como Deus escreve certo por linhas tortas, as pessoas que diziam que a Dilma era uma desgraça, perceberam que Temer e desgraça e meia".

Na parada anterior da Caravana, no município de Salinas, Lula discursou: "Não queremos gritar mais “Fora Temer”. Queremos gritar o nome de um futuro presidente que vai ajudar a reconstruir o Brasil".

Confira sua fala em Francisco Sá:

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247