Lula irá se encontrar com o economista Thomas Piketty em Paris

Depois de ser homenageado em Paris, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue em agenda intensa na capital francesa. Ele se encontra com o economista Thomas Piketty, autor do livro "O Capital no século 21", obra celebrada entre o pensamento progressista no mundo

Lula e Piketty
Lula e Piketty (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Rede Brasil Atual - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre agenda política na Europa e recebeu hoje título de cidadão parisiense, encontra-se nesta terça-feira (3) pela manhã com o economista Thomas Piketty, que se especializou no estudo da desigualdade dentro do sistema capitalista e se celebrizou com o lançamento do livro O Capital no Século 21 (2013). Além do encontro de Lula e Thomas Piketty, agenda do ex-presidente prevê ato organizado por comitês de apoio a sua luta por liberdade.

“Amanhã tenho uma reunião com o @PikettyLeMonde pela manhã. Eu quero convocar a humanidade a ficar indignada com a desigualdade. Se tenho um sonho é repartir de forma mais igualitária as riquezas que temos hoje. Por um mundo mais humano”, afirmou o ex-presidente ao divulgar nas redes sociais esse evento que faz parte de seu segundo dia em Paris.

Outro destaque da agenda do ex-presidente amanhã é o Encontro Lula Livre (com comunidade brasileira, comitês Lula Livre e amigos) às 15h30, horário de Brasília.

Nesta segunda, Lula manteve encontros com o líder da Jean-Luc Melenchon, líder do partido França Insubordinada, com o fotógrafo Sebastião Salgado e com o ex-presidente francês François Hollande. Em seguida, recebeu da prefeita de Paris, Anne Hidalgo. o título de Cidadão Honorário da capital francesa.

Um dos coordenadores do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Paulo Rodrigues, que acompanha a comitiva de Lula à Europa, afirmou hoje à jornalista Talita Galli, na TVT, que a agenda ainda contempla encontros com conselho das igrejas e deve ter agenda com o movimento sindical. “Também encontro previsto com comunidades e representantes de direitos humanos e ainda com chefes de Estado e pessoas que tiveram relação com Lula ao longo desse tempo”, afirmou.

João Paulo disse ainda que a agenda vai se ajustando a cada dia, mas que o foco é com a representação dos trabalhadores, de governantes que se relacionaram com ele durante a presidência e para receber apoio de comitês de amigos de diferentes países.

Os eventos da agenda do ex-presidente podem ser acompanhados por transmissão pelas redes sociais

Veja o Twitter do ex-presidente Lula: 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247