Lula venceria Aécio também em Minas Gerais

No reduto eleitoral do senador tucano, o ex-presidente Lula, alvo de perseguição jurídica e midiática, venceria as eleições presidenciais de 2018, de acordo com levantamento do instituto Paraná Pesquisas; o petista teria 23,2%, contra 18,45% de Aécio Neves (PSDB-MG), que acaba de aparecer na lista de investigados do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, liderando pedidos de investigação (cinco contra ele); Lula lidera em todos os cenários estimulados pela pesquisa; Aécio só sai vencedor quando disputa entre outros tucanos: João Doria, José Serra, Geraldo Alckmin e Beto Richa

No reduto eleitoral do senador tucano, o ex-presidente Lula, alvo de perseguição jurídica e midiática, venceria as eleições presidenciais de 2018, de acordo com levantamento do instituto Paraná Pesquisas; o petista teria 23,2%, contra 18,45% de Aécio Neves (PSDB-MG), que acaba de aparecer na lista de investigados do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, liderando pedidos de investigação (cinco contra ele); Lula lidera em todos os cenários estimulados pela pesquisa; Aécio só sai vencedor quando disputa entre outros tucanos: João Doria, José Serra, Geraldo Alckmin e Beto Richa
No reduto eleitoral do senador tucano, o ex-presidente Lula, alvo de perseguição jurídica e midiática, venceria as eleições presidenciais de 2018, de acordo com levantamento do instituto Paraná Pesquisas; o petista teria 23,2%, contra 18,45% de Aécio Neves (PSDB-MG), que acaba de aparecer na lista de investigados do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, liderando pedidos de investigação (cinco contra ele); Lula lidera em todos os cenários estimulados pela pesquisa; Aécio só sai vencedor quando disputa entre outros tucanos: João Doria, José Serra, Geraldo Alckmin e Beto Richa (Foto: Gisele Federicce)

247 - Mesmo sendo réu em cinco ações e alvo de uma perseguição jurídico-midiática, o ex-presidente Lula venceria o senador Aécio Neves (PSDB-MG) na disputa à presidência da República também em Minas Gerais, reduto eleitoral do tucano, onde ele foi governador. Os dados são do instituto Paraná Pesquisas, divulgados nesta terça-feira 11.

Lula teria 23,2% dos votos, contra 18,45% de Aécio Neves, em um cenário que considera ainda os nomes de Jair Bolsonaro, Marina Silva, Joaquim Barbosa, Ciro Gomes, Michel Temer e Ronaldo Caiado. Lula também lidera quando o tucano é substituído pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que nesse caso passa para a quarta posição.

No levantamento do Paraná Pesquisas, o tucano só sai vencedor quando disputa entre os correligionários: João Doria, José Serra, Geraldo Alckmin e Beto Richa.

Aécio acaba de aparecer na lista de investigados do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, liderando pedidos de investigação (cinco contra ele).

Confira aqui a íntegra da pesquisa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247