Mãe de Ronaldinho Gaúcho, Dona Miguelina morre aos 71 anos em decorrência de Covid

Dona Miguelina estava internada no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, desde dezembro do ano passado

Ronaldinho Gaúcho e a mãe, Dona Miguelina
Ronaldinho Gaúcho e a mãe, Dona Miguelina (Foto: Divulgação Atlético-MG)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Dona Miguelina, mãe do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, morreu neste sábado (20) em decorrência de complicações da Covid-19. Ela tinha 71 anos e estava internada no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, desde dezembro. A hashtag #ForçaRonaldinho ganha força no Twitter, levantada por fãs do ex-jogador.

Segundo reportagem do UOL, uma pessoa próxima da família informou que Dona Miguelina chegou a ter uma breve evolução, mas teve o quadro piorado nos últimos dias em razão de uma infecção. E a situação ainda mais agravada nesta manhã. Ela morreu no final da tarde deste sábado.

Em dezembro, o próprio ídolo do futebol informou publicamente sobre a internação da mãe. “Queridos amigos, minha mãe está com covid-19 e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe", publicou ele na época.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email