Mais da metade das promessas de Doria não tem resultados

Apesar de tentar se escorar na imagem de gestor e não de político, os números de João Doria revelam desastre do político e do gestor; eleito prefeito de São Paulo, desistiu de cumprir o mandato para ambicionar ser eleito governador; além disso, os números do seu primeiro ano de governo são pífios: mais da metade das promessas de governo  divulgadas no Programa de Metas 2017-2020 não apresentou resultados positivos

2017-01-01-Câmara Municipal de São Paulo- Vereadores e prefeito João Dória Jr. são empossados na Câmara Municipal. Foto: André Bueno/ CMSP
2017-01-01-Câmara Municipal de São Paulo- Vereadores e prefeito João Dória Jr. são empossados na Câmara Municipal. Foto: André Bueno/ CMSP (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 – Apesar de tentar se afastar da imagem de político profissional, os números de João Doria (PSDB) revelam exatamente o contrário. Eleito prefeito de São Paulo, desistiu de cumprir o mandato ao observar a chance de que pode ser eleito governador.

Porém , tão pior quanto isso são os dados – e contra números argumentos ficam difíceis -, que mostram que o primeiro ano de gestão do ex-prefeito de São Paulo mais da metade das promessas de governo  divulgadas no Programa de Metas 2017-2020 não apresentou resultados positivos.

Ou seja, segundo o Rede Nossa São Paulo, das 53 metas, apenas 4 foram cumpridas e somente 20 foram iniciadas. Na média geral a Prefeitura da capital paulista avançou irrisórios 20% na execução de Programas de Metas.

Nota da Prefeitura diz que das 53 metas do programa, 32 já possuem dados de acompanhamento disponíveis e as outras 21 metas levam em consideração diferentes indicadores para seu acompanhamento.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247