Mais de 30 ônibus são incendiados em Osasco

De acordo com a Polícia Militar (PM), os homens entraram no pátio da garagem da empresa, localizada na Avenida Presidente Médici, 1.340, no Jardim Mutinga, e renderam vigilantes; Funcionários da empresa Urubupungá dizem que a razão do incêndio seria um protesto pela morte de uma pessoa

De acordo com a Polícia Militar (PM), os homens entraram no pátio da garagem da empresa, localizada na Avenida Presidente Médici, 1.340, no Jardim Mutinga, e renderam vigilantes; Funcionários da empresa Urubupungá dizem que a razão do incêndio seria um protesto pela morte de uma pessoa
De acordo com a Polícia Militar (PM), os homens entraram no pátio da garagem da empresa, localizada na Avenida Presidente Médici, 1.340, no Jardim Mutinga, e renderam vigilantes; Funcionários da empresa Urubupungá dizem que a razão do incêndio seria um protesto pela morte de uma pessoa (Foto: Roberta Namour)

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil - Um grupo pôs fogo em 34 ônibus da empresa Urubupungá na cidade de Osasco, no início da madrugada de hoje (22). De acordo com a Polícia Militar (PM), os homens entraram no pátio da garagem da empresa, localizada na Avenida Presidente Médici, 1.340, no Jardim Mutinga, e renderam vigilantes.

A PM informou que o grupo pôs fogo nos coletivos e o incêndio se espalhou. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas começaram por volta da 1h da madrugada e foram extintas com a ajuda de duas equipes. Ninguém ficou ferido.

Funcionários da empresa Urubupungá informaram que 23 ônibus ficaram totalmente destruídos e 11 foram parcialmente afetados. Segundo eles, a razão do incêndio seria um protesto pela morte de uma pessoa na noite de ontem (21).

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247