Manifestantes do acampamento debatem o papel da mídia no golpe

A programação do acampamento Lula Livre, na Praça da Justiça, na manhã de hoje (13), promoveu a Aula Pública "Mídia e Golpe".  A atividade teve como objetivo fazer uma reflexão sobre a centralidade da luta pela democratização da comunicação e o papel da mídia tradicional no golpe de 2016

A programação do acampamento Lula Livre, na Praça da Justiça, na manhã de hoje (13), promoveu a Aula Pública "Mídia e Golpe".  A atividade teve como objetivo fazer uma reflexão sobre a centralidade da luta pela democratização da comunicação e o papel da mídia tradicional no golpe de 2016
A programação do acampamento Lula Livre, na Praça da Justiça, na manhã de hoje (13), promoveu a Aula Pública "Mídia e Golpe".  A atividade teve como objetivo fazer uma reflexão sobre a centralidade da luta pela democratização da comunicação e o papel da mídia tradicional no golpe de 2016 (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - A programação do acampamento Lula Livre, na Praça da Justiça, na manhã de hoje (13), abordou um dos mais graves problemas enfrentados pela sociedade brasileira, com o oligopólio das comunicações.

A atividade teve como objetivo fazer uma reflexão sobre a centralidade da luta pela democratização da comunicação e papel da mídia tradicional no golpe de 2016. 

Com a participação de Rafael Mesquita, do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação do Ceará, Isabelle Azevedo, da Marcha Mundial das Mulheres, Camila Garcia, do Brasil de Fato Ceará e Uirá Porã, da Mídia Ninja, sob a mediação da presidenta do Sindicato dos Jornalistas do Ceará, Samira de Castro, foi realizada a Aula Pública "Mídia e Golpe", envolvendo os manifestantes que estão acampados e as pessoas que visitaram o acampamento na manhã de hoje.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247