Manifestantes farão a "Farofada beach", em protesto contra barraca Crocobeach

Frequentadores da Praia do Futuro se organizam, através das redes sociais, para realizar um protesto em frente a barraca Crocobeach. o evento, denominado "Farofada Beach", deverá ser no próximo dia 30 de Abril, às 9:00hs; no último fim de semana, um vendedor de picolés da empresa Pardal Sorvetes, foi expulso e agredido por seguranças daquela barraca. A agressão foi registrada em vídeo, por pessoas que estavam na praia no momento do ocorrido e divulgado pelas redes sociais, causando forte repercussão

Frequentadores da Praia do Futuro se organizam, através das redes sociais, para realizar um protesto em frente a barraca Crocobeach. o evento, denominado "Farofada Beach", deverá ser no próximo dia 30 de Abril, às 9:00hs; no último fim de semana, um vendedor de picolés da empresa Pardal Sorvetes, foi expulso e agredido por seguranças daquela barraca. A agressão foi registrada em vídeo, por pessoas que estavam na praia no momento do ocorrido e divulgado pelas redes sociais, causando forte repercussão
Frequentadores da Praia do Futuro se organizam, através das redes sociais, para realizar um protesto em frente a barraca Crocobeach. o evento, denominado "Farofada Beach", deverá ser no próximo dia 30 de Abril, às 9:00hs; no último fim de semana, um vendedor de picolés da empresa Pardal Sorvetes, foi expulso e agredido por seguranças daquela barraca. A agressão foi registrada em vídeo, por pessoas que estavam na praia no momento do ocorrido e divulgado pelas redes sociais, causando forte repercussão (Foto: Fatima 247)

Frequentadores da Praia do Futuro se organizam, através das redes sociais, para realizar um protesto em frente a barraca Crocobeach. o evento, denominado "Farofada Beach", deverá ser no próximo dia 30 de Abril, às 9:00hs.

No último fim de semana, um vendedor de picolés da empresa Pardal Sorvetes, foi expulso e agredido por seguranças daquela barraca. A agressão foi registrada em vídeo, por pessoas que estavam na praia no momento do ocorrido e divulgado pelas redes sociais.

As adesões ao evento podem ser feitas no grupo criado no Facebbok - Farofada Beach.

No Facebook os organizadores afirmam que o episódio é recorrente. "Ei, vamos pra Crocobeach domingo? Venha de biquíni, traga o protetor solar mas principalmente, tire da gaveta sua indignação e sua solidariedade. Já passou da hora de por um fim na violência que a Crocobeach tem cometido contra os ambulantes da Praia do Futuro".

Ainda segundo os organizadores "não foi um caso de descontrole dos seguranças. Foram ordens dadas pelos proprietários da Crocobeach que se vêem no direito de suprimir o direito alheio com covardia e violência. Não foi a primeira vez. O homem estava trabalhando, tentando tocar a vida como você e eu fazemos todos os dias".

No vídeo é possível ver o momento que os seguranças do estabelecimento expulsam, empurram, e um deles dá um soco no vendedor de picolés que cai ao chão sem reagir. Uma mulher ajuda o vendedor a levantar. No registro também é possível ouvir os seguranças dizendo que ali não é lugar para ele trabalhar. Em sua defesa, a vítima diz estar trabalhando.

Confira o vídeo da agressão:

 

A empresa Pardal Sorvetes também divulgou uma nota de repúdio, através das redes sociais, denunciando a agressão ao seu funcionário. “A Pardal Sorvetes informa a todos os seus colaboradores e consumidores que tomou ciência do ocorrido na barraca da Praia do Futuro e afirma que repudia qualquer tipo de violência. Esclarece, ainda, que tomará todas as providências cabíveis no intuito do resguardar a integridade do irão colaborar ambulante”, afirma a nota.

Após a forte repercussão negativa, os proprietários da barraca Crocobeach se manifestaram afirmando surpresa diante do fato e afirmando que irão colaborar para esclarecer o ocorrido. “Ficamos surpresos com o ocorrido, por tal razão estamos buscando esclarecimentos sobre o responsável pelo ato, assim como buscamos informações sobre o vendedor ambulante e sua situação para esclarecimento". A página do Complexo Crocobeach, no Facebook, foi inundada de postagens repudiando ocorrido.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247