Manifestantes protestam contra Eduardo Bolsonaro em Salvador

Em seminário no qual foi defender o projeto 'Escola sem Partido' em Salvador, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) provocou furor entre os espectadores, dentro e fora da Câmara Municipal; a PM teve de fazer um cordão humano para que o deputado conseguisse sair da Câmara e caminhar até o carro; "Golpista, fascista", gritavam os manifestantes

Em seminário no qual foi defender o projeto 'Escola sem Partido' em Salvador, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) provocou furor entre os espectadores, dentro e fora da Câmara Municipal; a PM teve de fazer um cordão humano para que o deputado conseguisse sair da Câmara e caminhar até o carro; "Golpista, fascista", gritavam os manifestantes
Em seminário no qual foi defender o projeto 'Escola sem Partido' em Salvador, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) provocou furor entre os espectadores, dentro e fora da Câmara Municipal; a PM teve de fazer um cordão humano para que o deputado conseguisse sair da Câmara e caminhar até o carro; "Golpista, fascista", gritavam os manifestantes (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Em seminário no qual foi defender o projeto 'Escola sem Partido' em Salvador, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) provocou furor entre os espectadores, dentro e fora da Câmara Municipal.

A segurança foi reforçada pela Polícia Militar e a sessão quase foi interrompida, porque o presidente da mesa, deputado federal João Carlos Bacelar (PTN-BA), praticamente não conseguia falar. O tumulto aumentava toda vez que Bolonaro tentava se pronunciar.

A PM teve de fazer um cordão humano para que o deputado conseguisse sair da Câmara e caminhar até o carro. "Golpista, fascista", gritavam os manifestantes. 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247