Maradona critica decisão da Fifa em anunciar a Copa de 2026 na América do Norte

O ex-jogador Diego Maradona criticou a decisão da Fifa em anunciar a Copa de 2026 dividida em um conjunto de três nações: México, Canadá e Estados Unidos; o jogador argentino disse que não há paixão pelo futebol nesses países que justifique a realização de uma Copa do Mundo

Maradona faz gesto em jogo do Boca Juniors contra o Quilmes em Buenos Aires. 18/7/2015. REUTERS/Marcos Brindicci
Maradona faz gesto em jogo do Boca Juniors contra o Quilmes em Buenos Aires. 18/7/2015. REUTERS/Marcos Brindicci (Foto: Gustavo Conde)

247 - O ex-jogador Diego Maradona criticou a decisão da Fifa em anunciar a Copa de 2026 dividida em um conjunto de três nações: México, Canadá e Estados Unidos. O jogador argentino disse que não há paixão pelo futebol nesses países que justifique a realização de uma Copa do Mundo.

“A Fifa decidiu na quarta-feira que a Copa do Mundo de 2026, a primeira a ter 48 equipes participando, se dividirá entre os três países da América do Norte, com 60 jogos nos Estados Unidos, 10 no Canadá e 10 no México.

A decisão fará com que o México seja o primeiro país a sediar o campeonato três vezes. "Eu não gostei", disse Maradona a um programa do canal mexicano Telesurt. "O México ganhou quando não merece. O México ganha duas partidas e chegam como Brasil ou Alemanha, como foi comigo", completou.”

Leia mais aqui

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247