Maradona manda recado a Lula: “tenha muita força”

A maior jogador da história da Argentina, Diego Maradona, voltou a manifestar seu apoio do ex-presidente Lula; “Meu amigo Lula, tenha muita força porque você deu ao Brasil o que ele merece. Os corruptos, infelizmente, vencem algumas batalhas, mas as guerras dos países são vencidas por aqueles que realmente querem bem ao povo”

A maior jogador da história da Argentina, Diego Maradona, voltou a manifestar seu apoio do ex-presidente Lula; “Meu amigo Lula, tenha muita força porque você deu ao Brasil o que ele merece. Os corruptos, infelizmente, vencem algumas batalhas, mas as guerras dos países são vencidas por aqueles que realmente querem bem ao povo”
A maior jogador da história da Argentina, Diego Maradona, voltou a manifestar seu apoio do ex-presidente Lula; “Meu amigo Lula, tenha muita força porque você deu ao Brasil o que ele merece. Os corruptos, infelizmente, vencem algumas batalhas, mas as guerras dos países são vencidas por aqueles que realmente querem bem ao povo” (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A maior jogador da história da Argentina, Diego Maradona, voltou a manifestar seu apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba (PR), após ter sido condenado sem provas no processo do triplex em Guarujá (SP).

Segundo o ex-craque, a “presidência foi roubada de Lula”. “Meu amigo Lula, tenha muita força porque você deu ao Brasil o que ele merece. Os corruptos, infelizmente, vencem algumas batalhas, mas as guerras dos países são vencidas por aqueles que realmente querem bem ao povo. Siga adiante porque todos o apoiamos”, disse no Twitter.

Em abril, antes de Lula se entregar à Polícia Federal, o ex-jogador manifestou apoio a Lula e chamou Michel Temer como "traidor". "É uma loucura. O povo brasileiro não pode apoiar que uma pessoa honesta como Lula da Silva seja visto como corrupto número 1, enquanto o traidor Michel Temer foi acusado e poupado", afirmou o ex-jogador ao jornal Clarín, da Argentina.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247