Marconi diz que só vai se manifestar após conhecer teor de declarações

O governador Marconi Perillo se manifestou por meio de nota após seu nome aparecer na lista do ministro Edson Fachin; delatores da Odebrecht afirmaram que o tucano receber R$ 8 milhões, por meio de caixa 2, nas campanhas de 2010 e 2014, quando disputou o governo do Estado; "Por oportuno, o governador ressalta que nunca pediu ou autorizou que solicitassem em seu nome qualquer contribuição de campanha que não fosse oficial e rigorosamente de acordo com a legislação eleitoral", diz a nota

marconi
marconi (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O governador Marconi Perillo se manifestou por meio de nota após seu nome aparecer na lista do ministro Edson Fachin. Delatores da Odebrecht afirmaram que o tucano receber R$ 8 milhões, por meio de caixa 2, nas campanhas de 2010 e 2014, quando disputou o governo do Estado.

Abaixo, a nota divulgada pela assessoria de imprensa do governo de Goiás:

NOTA

Nos termos da nota emitida na noite de ontem (11 de abril de 2017), relativamente às citações encaminhadas pelo e. Ministro Edson Fachin ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), o governador Marconi Perillo só irá se manifestar após conhecimento integral do teor das declarações apresentadas.

O governador reitera que acredita na Justiça e que irá esclarecer qualquer eventual questionamento, mesmo porque, até o presente momento, não há qualquer inquérito autorizado pelo Poder Judiciário em tramitação no STJ, sendo impossível uma manifestação acerca de citação sem a devida contextualização.

Por oportuno, o governador ressalta que nunca pediu ou autorizou que solicitassem em seu nome qualquer contribuição de campanha que não fosse oficial e rigorosamente de acordo com a legislação eleitoral.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247