Marconi e Kassab entregam 499 moradias em Luziânia

Governador de Goiás disse que procura fazer parcerias republicanas com o governo federal e os municípios e que o Cheque Mais Moradia já beneficiou mais de 200 mil famílias; ministro das Cidades afirmou que Marconi é o governador que mais sabe fazer parcerias com o governo federal; unidades habitacionais resultam de parceria da prefeitura com o ministério e tem o apoio do governo do Estado; residencial enquadra-se na Faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida e foi financiado pelo Banco do Brasil para famílias com renda de até R$ 1.600

Governador de Goiás disse que procura fazer parcerias republicanas com o governo federal e os municípios e que o Cheque Mais Moradia já beneficiou mais de 200 mil famílias; ministro das Cidades afirmou que Marconi é o governador que mais sabe fazer parcerias com o governo federal; unidades habitacionais resultam de parceria da prefeitura com o ministério e tem o apoio do governo do Estado; residencial enquadra-se na Faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida e foi financiado pelo Banco do Brasil para famílias com renda de até R$ 1.600
Governador de Goiás disse que procura fazer parcerias republicanas com o governo federal e os municípios e que o Cheque Mais Moradia já beneficiou mais de 200 mil famílias; ministro das Cidades afirmou que Marconi é o governador que mais sabe fazer parcerias com o governo federal; unidades habitacionais resultam de parceria da prefeitura com o ministério e tem o apoio do governo do Estado; residencial enquadra-se na Faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida e foi financiado pelo Banco do Brasil para famílias com renda de até R$ 1.600 (Foto: Realle Palazzo-Martini)

247 - Acompanhados do prefeito Cristóvão Tormin, o governador Marconi Perillo e o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, entregaram nesta segunda-feira (14), em Luziânia, 499 unidades habitacionais no residencial Parque Jardim São Paulo. A obra é uma parceria da Prefeitura de Luziânia com o Ministério das Cidades e tem o apoio do governo do Estado. O residencial enquadra-se na Faixa 1, do programa Minha Casa Minha Vida e foi integralmente financiado pelo Banco do Brasil. Destina-se a famílias com renda de até R$ 1.600,00. A prestação gira em torno de R$ 25,00 a R$ 80,00, dependendo da renda mensal do beneficiário. Em média, as famílias vão pagar prestação mensal de R$ 35,00 a R$ 40,00, ao longo de 120 meses. As casas foram avaliadas em R$ 60 mil.

Em rápido discurso, o governador cumprimentou as famílias pela conquista da casa própria e chamou o ministro Kassab de “benfeitor de Goiás”. Citando uma passagem bíblica de que toda autoridade é constituída por Deus, Marconi afirmou que desde cedo apreendeu o valor da solidariedade, o valor de ajudar os necessitados. “O Cheque Mais Moradia já beneficiou mais de 200 mil famílias e ele tem sido utilizado para beneficiar os custos das moradias”, afirmou, ao citar os programas sociais do governo estadual como Renda Cidadã e a Bolsa Universitária. “Milhões de pessoas foram beneficiadas com os nossos programas sociais” disse Marconi, ao enfatizar que tem procurado fazer “parcerias republicanas” com o governo federal e os prefeitos. Para o governador, o programa Minha Casa Minha Vida é o mais capilar e o de maior abrangência social do governo federal.

Ao discursar, o ministro Kassab afirmou que o governador Marconi Perillo é o que mais sabe realizar parcerias com o governo federal. “Essa alegria de receber uma casa, que a partir de agora será de vocês, está sendo compartilhada por outras 4 milhões de famílias”, disse Kassab, ao revelar que o governador lhe pediu audiência para tratar de novos financiamentos habitacionais para Goiás.

O prefeito Cristóvão Tormin ressaltou as parcerias do governo do Estado com Município de Luziânia e a atenção especial que o governador Marconi Perillo destina ao Entorno de Brasília. “Antes do governador ninguém olhava para a nossa região”, asseverou.

Critérios

A escolha dos contemplados foi feita por sorteio, por meio de cadastramento eletrônico. Além dos critérios exigidos pelo programa Minha Casa Minha Vida – renda de até R$ 1600, mulheres chefes de família e existência de portador de deficiência no seio familiar – decreto municipal estabeleceu também que, do cadastro de 5 mil pessoas, para serem beneficiadas as famílias deveriam também residir no município de Luziânia, com prioridade para as que tivessem filhos até 14 anos.

Para execução do projeto foram aplicados R$ 29,9 milhões. As moradias contam com sala, quarto, banheiro, cozinha, área de serviço e sistema de aquecimento de água por energia solar, além de completa infraestrutura urbana, com ruas asfaltadas, energia e água tratada. Das 499 moradias 5% foram adaptadas para portadores de necessidades especiais. A construtora assumiu o compromisso de destinar área para construção de uma escola e uma creche.

Integraram a comitiva do governador a Luziânia os secretários estaduais Thiago Peixoto (Desenvolvimento Econômico), Vilmar Rocha (Cidades e Meio Ambiente), Lêda Borges (Cidadã) e o presidente da Agehab, Luiz Stival. Também participaram do evento o deputado federal Rubens Otoni (PT) e os deputados estaduais Valcenôr Braz e Diego Sorgatto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247