Marcos Valério presta depoimento na sede da PF

O empresário Marcos Valério prestará depoimento na sede da PF nesta sexta-feira (18), segundo a corporação; a PF disse, ainda, que por conta da cláusula de confidencialidade do acordo de delação premiada, não há outras informações a serem prestadas; o acordo de colaboração premiada fechado pelo empresário deve atingir os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e José Serra (PSDB-MG), o ex-presidente FHC e o ex-governador de Minas Eduardo Azeredo, além do ex-presidente Lula

Marcos Valério
Marcos Valério (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - O empresário Marcos Valério prestará depoimento na sede da Polícia Federal (PF) nesta sexta-feira (18), segundo a corporação. De acordo com a PF, por conta da cláusula de confidencialidade do acordo de delação premiada, não há outras informações a serem prestadas. O publicitário cumpre pena na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) da cidade, um tipo de prisão humanizada, em que os próprios presos tomam conta das chaves das celas. 

O acordo de colaboração premiada fechado pelo empresário deve atingir os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e José Serra (PSDB-MG), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o ex-governador de Minas Eduardo Azeredo, além do ex-presidente Lula, de acordo com reportagem de Carolina Linhas, da Folha, do mês de julho.

Valério foi condenado a 37 anos e cinco meses de prisão pelo envolvimento no escândalo que ficou conhecido como "mensalão" petista. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247