Médico celebrou morte de Déda no Facebook

"É um PTista a menos no mundo", escreveu Esmálio Barroso, do Piauí, ao comentar uma foto postada pelo senador Wellington Dias (PT-PI) ao lado do governador de Sergipe, que morreu no início da semana passada; em sua página na rede social, ele desfere críticas contra o PT e, curiosamente, se mostra religioso

www.brasil247.com - Esmálio Barroso
Esmálio Barroso (Foto: Gisele Federicce)


Sergipe 247 – Um médico que odeia o PT passou dos limites ao comemorar a morte do governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), na última segunda-feira. "É um PTista a menos no mundo", escreveu Esmálio Barroso, do Piauí, ao comentar uma foto postada pelo senador Wellington Dias (PT-PI), que mostrava ele e Déda, no Facebook.

"Os PTistas são assim, trazem médicos cubanos para o Brasil, mas na hora que o câncer se instala, eles correm para o Sírio Libanês! Para morrerem lá! Sinto muito pelo cidadão Marcelo Deda, mas é um PTista a menos no mundo!!!", dizia a frase do médico, que, curiosamente, demonstra ser religioso em suas mensagens na rede social.

Déda estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde morreu vítima de um câncer no estômago, diagnosticado no ano passado. A mensagem de Esmálio provocou uma série de críticas em defesa do governador, que era querido por base e oposição e que, quando morreu, recebeu homenagens de políticos de todos os partidos.

"Dr. Esmálio Barroso, sua crueldade e indiferença com a morte de um petista é um traço da superioridade que a maioria dos de sua classe julgam ter. O senhor está na profissão certa?", questionou Alvaro Luis Carneiro. "Que tipo de gente comemora a morte de uma pessoa, só porque não gosta do partido político que ele pertence!!!", indignou-se Reneé Marie Fontenele.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247