Mendonça Filho cobra agilidade da oposição

Deputado federal, que pr-candidato pelo DEM Prefeitura do Recife, defende que o seu bloco defina, em maro, quais sero os seus postulantes na eleio da capital pernambucana; o democrata entende que a oposio no pode ficar espera das decises do campo governista

 Mendonça Filho cobra agilidade da oposição
Mendonça Filho cobra agilidade da oposição (Foto: Andréa Rêgo Barros/247)

Raphael Coutinho _PE247 – Postulantes da oposição ao cargo maior no executivo recifense trabalham, cada vez mais, na construção de suas candidaturas. A ideia, agora, é não mais perder tempo na espera por definições do bloco governista. É o caso do deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE), que voltou a defender agilidade no anúncio dos nomes dos pré-candidatos da oposição para a disputa da Prefeitura. De acordo com o parlamentar, que é um dos nomes fortes para disputar o pleito, a oposição não deve pode ficar dependente da dinâmica do PT, “já que eles não possuem prazo definido”.

O argumento do democrata é que esta demora pode atrapalhar a oposição no Recife. “Não devemos estar subordinados ao bloco governista para a nossa definição. Essa decisão não pode ficar atrelada às indefinições do PT”, cobrou Mendonça Filho.

Ainda segundo o parlamentar, é preciso estipular um prazo para esta decisão. “Não precisa ser hoje ou amanhã. Mas que seja definido um prazo, em março pelo menos, para este anúncio”, indicou Mendonça.

Seguindo a mesma linha de Mendonça, o deputado federal Raul Henry (PMDB), conversou com o vice-presidente da República e principal liderança nacional do seu partido, Michel Temer, e saiu com a certeza de que receberá apoio do partido para sua candidatura à Prefeitura do Recife. O parlamentar disse que a postulação no Recife é importante para o planejamento estratégico da agremiação, já de olho em 2014. No entanto, o martelo ainda não foi batido porque, segundo Henry, depende de algumas variáveis.

“Tenho conversado com o partido nacional e o que PMDB o tem afirmado é que minha candidatura faz parte de um plano estratégico de disputar no maior número de municípios e capitais do Brasil. Ontem (terça-feira, 14) fui conversar com Temer para saber as orientações e o apoio que o partido pretender dar aos candidatos. Sai bastante estimulado. Ele (Temer) reafirmou todos os propósitos, dizendo que Recife é estratégica e tem um peso político nacionalmente e que o partido vai estimular minha candidatura”, explicou Raul Henry, durante entrevista à Rádio Folha, nesta quarta-feira (15).

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247