Mensagens provam que Anastasia agiu como pau mandado de Aécio no Senado

"Faz uma defesa da minha trajetória", pediu o senador Aécio Neves via WhatsApp ao aliado tucano Antonio Anastasia; a recomendação foi feita na última terça-feira, quando o Senado livrou Aécio do afastamento do mandato e do recolhimento noturno, retirando medidas que haviam sido impostas pelo STF

"Faz uma defesa da minha trajetória", pediu o senador Aécio Neves via WhatsApp ao aliado tucano Antonio Anastasia; a recomendação foi feita na última terça-feira, quando o Senado livrou Aécio do afastamento do mandato e do recolhimento noturno, retirando medidas que haviam sido impostas pelo STF
"Faz uma defesa da minha trajetória", pediu o senador Aécio Neves via WhatsApp ao aliado tucano Antonio Anastasia; a recomendação foi feita na última terça-feira, quando o Senado livrou Aécio do afastamento do mandato e do recolhimento noturno, retirando medidas que haviam sido impostas pelo STF (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247- Mensagens de WhatsApp revelam que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) orientou o discurso do aliado Antonio Anastasia (PSDB-MG) no Senado na última terça-feira, antes de a Casa livrar Aécio do afastamento do mandato e do recolhimento noturno, retirando medidas que haviam sido impostas pelo STF.

O flagra foi feito pelo fotógrafo da Veja Cristiano Mariz. Nas imagens, Anastasia é flagrado conversando com Aécio pelo celular minutos antes da votação. O presidente afastado do PSDB, alvo da votação, parece ansioso: “Quem vai falar?”, questiona. “Sei que Telmário e eu. Mais dois”, responde Anastasia.

Aécio então pede ao aliado: "Importante vc repetir aquele discurso. Por favor. Direito de Defesa". E depois acrescenta: "Faz uma defesa mesmo que rápida da minha trajetória. Se puder Rs".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247