Merlong Solano vê “a democracia ameaçada”

O deputado federal licenciado, Merlong Solano (PT-PI) diz que a crise que o país vive não coloca em jogo somente a disputa pelo poder, mas a própria democracia: "questões vitais estão em jogo: nossa democracia sendo ameaçada"; parlamentar afirma que o desespero do partido dos agiotas e da mídia é que mesmo batendo no PT e em suas lideranças não conseguem ter propostas melhores e nem articular lideranças para enfrentar Lula nas urnas; "Resta a eles continuar criminalizando o PT na mídia todo dia", explica

O deputado federal licenciado, Merlong Solano (PT-PI) diz que a crise que o país vive não coloca em jogo somente a disputa pelo poder, mas a própria democracia: "questões vitais estão em jogo: nossa democracia sendo ameaçada"; parlamentar afirma que o desespero do partido dos agiotas e da mídia é que mesmo batendo no PT e em suas lideranças não conseguem ter propostas melhores e nem articular lideranças para enfrentar Lula nas urnas; "Resta a eles continuar criminalizando o PT na mídia todo dia", explica
O deputado federal licenciado, Merlong Solano (PT-PI) diz que a crise que o país vive não coloca em jogo somente a disputa pelo poder, mas a própria democracia: "questões vitais estão em jogo: nossa democracia sendo ameaçada"; parlamentar afirma que o desespero do partido dos agiotas e da mídia é que mesmo batendo no PT e em suas lideranças não conseguem ter propostas melhores e nem articular lideranças para enfrentar Lula nas urnas; "Resta a eles continuar criminalizando o PT na mídia todo dia", explica (Foto: Voney Malta)

Piauí 247 – O deputado federal licenciado, Merlong Solano (PT-PI), secretário de Estado do governo Wellington Dias, diz que a crise que o país vive não coloca em jogo somente a disputa pelo poder, mas a própria democracia.

Para ele, que vê o momento atual como bastante delicado, "questões vitais estão em jogo: nossa democracia sendo ameaçada. Há quem - por desinformação ou por má fé mesmo - defenda a instauração de uma ditadura. Conquistas sociais sob severo risco, pois a estratégia dominante é jogar sobre os mais pobres a solução da crise. Estados e municípios com as finanças estranguladas pela queda da receita, etc".

Segundo Merlong Solano, no meio de tudo isso ainda há quem "defenda o caminho da ditadura, como a Rede Globo, que se criou sob as assas da ditadura, e Bolsonaro e companhia. "Mas pessoas da classe média ou popular embarcarem neste caminho é difícil de compreender".

O parlamentar afirma, também, que "o desespero do partido da agiotagem financeira e da grande mídia é que mesmo batendo tanto no PT e em suas lideranças eles não conseguem articular propostas melhores do que as nossas e nem articular lideranças capazes de enfrentar o Lula nas urnas. Resta a eles continuar criminalizando o PT na mídia todo dia. Infelizmente pra eles não conseguem mostrar uma única prova contra Lula: uma gravação, dinheiro, documento, conta no exterior, etc", afirma o secretário.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247