Milhares de pessoas protestam em defesa de Dilma e Lula em Aracaju

Milhares de manifestantes participaram do ato em favor do governo da presidente Dilma Rousseff e em defesa do ex-presidente Lula, nesta sexta-feira (18), em Aracaju; movimentos sociais, entidades e lideranças locais do PT rebateram a possibilidade de impeachment de Dilma e denunciaram o golpe; mais de 20 mil pessoas estiveram na manifestação, que ocorreu no Centro da cidade

Milhares de manifestantes participaram do ato em favor do governo da presidente Dilma Rousseff e em defesa do ex-presidente Lula, nesta sexta-feira (18), em Aracaju; movimentos sociais, entidades e lideranças locais do PT rebateram a possibilidade de impeachment de Dilma e denunciaram o golpe; mais de 20 mil pessoas estiveram na manifestação, que ocorreu no Centro da cidade
Milhares de manifestantes participaram do ato em favor do governo da presidente Dilma Rousseff e em defesa do ex-presidente Lula, nesta sexta-feira (18), em Aracaju; movimentos sociais, entidades e lideranças locais do PT rebateram a possibilidade de impeachment de Dilma e denunciaram o golpe; mais de 20 mil pessoas estiveram na manifestação, que ocorreu no Centro da cidade (Foto: Valter Lima)

247 - Milhares de manifestantes participaram do ato em favor do governo da presidente Dilma Rousseff e em defesa do ex-presidente Lula, nesta sexta-feira (18), em Aracaju. Movimentos sociais, entidades e lideranças locais do PT rebateram a possibilidade de impeachment de Dilma e denunciaram o golpe. Mais de 20 mil pessoas estiveram na manifestação, que ocorreu no Centro da cidade.

A deputada estadual Ana Lucia Vieira (PT) defendeu a nomeação de ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil, e diz que os protestos precisam continuar até que ele assuma definitivamente a pasta, já que duas liminares foram concedidas impossibilitando o exercício do cargo. “Não sossegaremos até Lula assumir definitivamente a Casa Civil e enquanto Dilma não tiver condições de governar. Vamos ser resistentes que nós vamos vencer esse golpe”, disse.

Para o presidente da Centra Única dos Trabalhadores (CUT) em Sergipe, Rubens Marques, a mídia estaria favorecendo a oposição. “Essas ações contra o governo, liderada pela direita e com apoio da grande mídia precisam ser enfrentadas, e por isso vamos ocupar as ruas até que a normalidade seja estabelecida”, afirmou.

Abaixo matéria da assessoria do PT:

A sexta-feira (18) foi marcada por gigantescas manifestações em todo Brasil, em defesa da presidenta Dilma, do ex-presidente Lula, da democracia e do estado democrático de direito.

Foram registradas manifestações em 24 Estados e mais o Distrito Federal.

Em Sergipe, segundo a organização, mais de 22 mil pessoas foram às ruas de Aracaju com faixas, cartazes e um grito único: NÃO VAI TER GOLPE, VAI TER LUTA!

Grito ouvido por mais de 200 mil aracajuanos ao longo do percurso da manifestação, que saiu da Praça General Valadão, no centro da cidade, em direção ao bairro Cidade Nova, zona norte da capital.

Uma multidão vista do Banco do Estado de Sergipe, no centro de Aracaju, tomando toda a Av. João Ribeiro, chegando ao supermercado G. Barbosa, no bairro Santo Antônio.

O ato foi organizado pela Frente Sergipana Brasil Popular e contou com diversos movimentos sociais organizados, como entidades de classe e centrais de trabalhadores, com centenas de caravanas vindas do interior do Estado.

Na concentração - com mais de 10 mil manifestantes reunidos - o deputado federal João Daniel defendeu a constituição federal e repudiou que ela esteja sendo “rasgada” e “golpeada” pela grande mídia, representada pela Rede Globo.

E enalteceu a participação da sociedade no ato. “Estamos vendo o povo sergipano mais uma vez resistindo, indo à luta, e a vitória pertencerá a esse povo trabalhador, lutador, que não se cansa, junto com Lula e com Dilma, para construir uma nação justa e soberana. A democracia vai ser vitoriosa e a constituição de 1988 será respeitada. Não ao golpe e viva à democracia!”, defendeu o deputado, aplaudido por manifestantes que gritavam, em coro: NÃO VAI TER GOLPE, VAI TER LUTA!

Presente ao ato, o secretário nacional de finanças do PT, Márcio Macêdo, também enalteceu a participação dos movimentos populares e realçou a importância de todos no combate ao golpe em marcha no País, condenando a tentativa de retrocesso institucional. “Não vai ter golpe! Viva o presidente Lula, viva a presidenta Dilma e vamos em frente, para defender a democracia, defender o presidente Lula e defender a presidenta Dilma”, pregou Márcio.

O presidente do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, Rogério Carvalho, recebeu caravanas do interior e movimentos sociais. Criticou a perseguição contra o ex-presidente Lula e o vazamento do grampo telefônico de conversa entre o ex-presidente e a presidenta Dilma Rousseff. Segundo Rogério, “uma agressão do juízo de primeira instância ao estado democrático de direito”, que criou um regime de exceção, em plena democracia.

Rogério discursou para os milhares de manifestantes, relembrando a história do Brasil e a responsabilidade de cada cidadão na defesa da democracia, “que custou o sangue e a vida de bravos brasileiros e brasileiras” no combate a quem tentou se colocar entre o povo e a liberdade. “Nós, que estamos aqui, temos a consciência de 500 anos de humilhação ao povo brasileiro, aos mais pobres, aos negros, às mulheres, aos índios, à comunidade rural e dos sem terra deste País. Estamos aqui, porque vamos defender com a nossa vida e com a nossa luta, a liberdade pela igualdade e pela democracia. A luta é para que todos possam ter este País como um País de todos os brasileiros. Essa é a luta de todos que estão aqui”, conclamou.

A manifestação foi pacífica, não se verificando nenhum confronto e nenhum ato de vandalismo, sendo encerrada em frente à afiliada da Rede Globo no Estado, a TV Sergipe, com os mais de 22 mil manifestantes cobrando honestidade e ética jornalística da emissora, com o grito que abriu o ato na Praça General Valadão, no centro da cidade: NÃO VAI TER GOLPE, VAI TER LUTA!

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247