Minas terá a primeira candidata trans ao Senado

A professora Duda Salabert, 36, é a primeira mulher trans a se candidatar ao cargo de senadora no Brasil; Salabert é filiada ao PSOL de Minas Gerais e tem como bandeira a luta pela igualdade de gênero e a educação; ela diz: "antes de militar como mulher trans, eu milito pela educação há mais de vinte anos“; uma das propostas da candidata é o perdão da dívida do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil)

Minas terá a primeira candidata trans ao Senado
Minas terá a primeira candidata trans ao Senado

247 - A professora Duda Salabert, 36, é a primeira mulher trans a se candidatar ao cargo de senadora no Brasil. Salabert é filiada ao PSOL de Minas Gerais e tem como bandeira a luta pela igualdade de gênero e a educação. Ela diz: "antes de militar como mulher trans, eu milito pela educação há mais de vinte anos“. Uma das propostas da candidata é o perdão da dívida do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil).

"Salabert é presidente da Transvest, uma ONG que oferece cursos pré-vestibular e de idiomas gratuitos para travestis e transexuais. De acordo com ela, os cursos da organização recebem mais de 100 pessoas por ano. No futuro, a ONG pretende abrir um curso preparatório para profissionais do sexo, ambulantes e camelôs da região central de Belo Horizonte.

(...)

Além de Salabert, Minas Gerais terá outras três candidatas trans nestas eleições, duas do PSOL e uma do PCB, partidos que estão na mesma coligação no Estado. Em março deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o uso do nome social pelas candidaturas de pessoas trans.

Leia mais aqui

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247