Ministério envia 17,9 toneladas de larvicida contra o Aedes

Ministério da Saúde enviou 17,9 toneladas de larvicida para estados do Nordeste e do Sudeste como parte das ações de combate ao Aedes aegypti; quantidade de larvicida enviada é suficiente para tratar o volume de água de mais de 3, mil piscinas olímpicas; mobilização com agentes de saúde, compra de insumos e disponibilidade de equipamentos para aplicação de inseticidas e larvicidas integram uma das três frentes do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, lançado este mês pelo governo federal

Ministério da Saúde enviou 17,9 toneladas de larvicida para estados do Nordeste e do Sudeste como parte das ações de combate ao Aedes aegypti; quantidade de larvicida enviada é suficiente para tratar o volume de água de mais de 3, mil piscinas olímpicas; mobilização com agentes de saúde, compra de insumos e disponibilidade de equipamentos para aplicação de inseticidas e larvicidas integram uma das três frentes do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, lançado este mês pelo governo federal
Ministério da Saúde enviou 17,9 toneladas de larvicida para estados do Nordeste e do Sudeste como parte das ações de combate ao Aedes aegypti; quantidade de larvicida enviada é suficiente para tratar o volume de água de mais de 3, mil piscinas olímpicas; mobilização com agentes de saúde, compra de insumos e disponibilidade de equipamentos para aplicação de inseticidas e larvicidas integram uma das três frentes do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, lançado este mês pelo governo federal (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Aline Leal, repórter da Agência Brasil - O Ministério da Saúde enviou esta semana larvicida para estados do Nordeste e do Sudeste como parte das ações de combate ao Aedes aegypti. Segundo a pasta, foram enviadas 17,9 toneladas do produto, conforme solicitação dos governos estaduais.

A mobilização com agentes de saúde, compra de insumos e disponibilidade de equipamentos para aplicação de inseticidas e larvicidas integram uma das três frentes do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, lançado este mês pelo governo federal.

De acordo com nota do Ministério da Saúde, a quantidade de larvicida enviada é suficiente para tratar o volume de água de mais de 3.500 piscinas olímpicas. O produto é usado quando não é possível eliminar o foco de água parada, local de reprodução do mosquito. Neste ano, foram enviadas 114.4 toneladas de larvicida para todo o país. Esse quantitativo garantiu o tratamento de 57,2 bilhões de litros de água. Para o próximo ano, o Ministério da Saúde adquiriu mais 100 toneladas do produto, que deverá garantir o abastecimento até junho de 2016.

O governo vem reforçado o papel da população no processo de prevenção e controle da dengue, com a adoção de medidas simples, como a eliminação de recipientes que podem acumular água e servir de criadouro para o Aedes aegypti.

A nova campanha do Ministério da Saúde de conscientização contra a dengue convoca a população a tirar alguns minutos do sábado para eliminar possíveis criadouros do moquito. "Sábado da faxina. Não dê folga para o mosquito da dengue", apresenta é o tema da campanha.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email