Ministério Público deflagra “Operação Botica” em Poranga

Foram cumprido mandados de de busca e apreensão na Prefeitura Municipal de Poranga e na sede de uma empresa de medicamentos. De acordo com as investigações, o atual prefeito do município,  Carlisson Emerson Araújo da Assunção, teria efetivado despesas sem o respectivo procedimento licitatório quando comandava a secretaria municipal da Saúde

Foram cumprido mandados de de busca e apreensão na Prefeitura Municipal de Poranga e na sede de uma empresa de medicamentos. De acordo com as investigações, o atual prefeito do município,  Carlisson Emerson Araújo da Assunção, teria efetivado despesas sem o respectivo procedimento licitatório quando comandava a secretaria municipal da Saúde
Foram cumprido mandados de de busca e apreensão na Prefeitura Municipal de Poranga e na sede de uma empresa de medicamentos. De acordo com as investigações, o atual prefeito do município,  Carlisson Emerson Araújo da Assunção, teria efetivado despesas sem o respectivo procedimento licitatório quando comandava a secretaria municipal da Saúde (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP), deflagrou na manhã desta quarta-feira (25/10) a "Operação Botica". Com o apoio da Polícia Civil, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na Prefeitura Municipal de Poranga e na sede de uma empresa de medicamentos. Os mandados foram expedidos pelo desembargador Francisco Carneiro Lima.

Os fatos investigados remontam ao período em que o atual prefeito de Poranga, Carlisson Emerson Araújo da Assunção, era Secretário Municipal de Saúde e, como ordenador de despesa da referida pasta, teria efetivado despesas sem o respectivo procedimento licitatório. Além disso, uma das despesas realizadas à época ocorreu em uma farmácia da qual ele seria supostamente proprietário.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247