Missionários evangélicos já trabalham em 13 de 28 povos indígenas isolados

A situação pode ficar ainda pior com a nomeação do ex-missionário evangélico Ricardo Lopes Dias como coordenador-geral de proteção a índios isolados

(Foto: RODOLFO OLIVEIRA/AG. PARÁ)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Missionários evangélicos trabalham nas áreas indígenas à margem da lei e atuam em pelo menos 13 dos 28 povos isolados conhecidos pela Funai, de acordo com levantamento realizado pelo jornal O Globo, junto com o Ministério Público Federal.

A situação pode ficar ainda pior com a nomeação do ex-missionário evangélico Ricardo Lopes Dias como coordenador-geral de proteção a índios isolados.

Em entrevista ao jornal carioca, o ex-presidente da Funai Sydney Possuelo  afirma que “a aproximação de missionários, mesmo que com o melhor sentimento, representa risco de saúde para os povos isolados”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247