Moisés Braz rebate especulações sobre apoio de Camilo à Ciro Gomes

O deputado estadual Moisés Braz, presidente do Partido dos Trabalhadores, no Ceará, fez um pronunciamento hoje, na Assembleia Legislativa rebatendo matéria divulgada na imprensa sobre o partido avalizar uma suposta posição do governador Camilo Santana em apoio ao presidenciável do PDT, Ciro Gomes. Moisés Braz reafirmou o apoio à reeleição do governador Camilo Santana e descartou a hipótese do partido liberar o governador para apoiar Ciro. "O palanque do Camilo tem que ser o palanque do PT e o palanque do Lula, se o Lula for candidato", afirmou Moisés

O deputado estadual Moisés Braz, presidente do Partido dos Trabalhadores, no Ceará, fez um pronunciamento hoje, na Assembleia Legislativa rebatendo matéria divulgada na imprensa sobre o partido avalizar uma suposta posição do governador Camilo Santana em apoio ao presidenciável do PDT, Ciro Gomes. Moisés Braz reafirmou o apoio à reeleição do governador Camilo Santana e descartou a hipótese do partido liberar o governador para apoiar Ciro. "O palanque do Camilo tem que ser o palanque do PT e o palanque do Lula, se o Lula for candidato", afirmou Moisés
O deputado estadual Moisés Braz, presidente do Partido dos Trabalhadores, no Ceará, fez um pronunciamento hoje, na Assembleia Legislativa rebatendo matéria divulgada na imprensa sobre o partido avalizar uma suposta posição do governador Camilo Santana em apoio ao presidenciável do PDT, Ciro Gomes. Moisés Braz reafirmou o apoio à reeleição do governador Camilo Santana e descartou a hipótese do partido liberar o governador para apoiar Ciro. "O palanque do Camilo tem que ser o palanque do PT e o palanque do Lula, se o Lula for candidato", afirmou Moisés (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O deputado estadual Moisés Braz, presidente do Partido dos Trabalhadores, no Ceará, fez um pronunciamento hoje, na Assembleia Legislativa rebatendo matéria divulgada na imprensa sobre o partido avalizar uma suposta posição do governador Camilo Santana em apoio ao presidenciável do PDT, Ciro Gomes. 

Moisés Braz reafirmou o apoio à reeleição do governador Camilo Santana e descartou a hipótese do partido liberar o governador para apoiar Ciro Gomes. Moisés esclareceu que em conversa com o governador, Camilo teria defendido que caso o PT não tenha candidato, o partido deveria discutir apoio à Ciro Gomes.

Segundo afirmou Moisés, "o Partido dos Trabalhadores aqui no estado tem uma posição muito clara,que é manter a resolução  da direção nacional e defender a candidatura do nosso eterno presidente Luis Inácio Lula da Silva. O PT não pode e eu jamais poderia fazer isso, na condição de presidente do partido, ou qualquer outro membro do partido, fazer esse debate a não ser homologar a definição da direção nacional. E a decisão da direção nacional é essa nós vamos até o último momento resistindo e insistindo que o Lula é o nosso candidato".  

Moisés disse ainda que "o palanque do Camilo tem que ser o palanque do PT e o palanque do Lula, se o Lula for candidato". Segundo Moisés, a política de alianças só será tratada no encontro de tática eleitoral do PT, marcado para o próximo mês de julho, em nível nacional e em nível estadual.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247