Morre mais uma vítima de acidente entre ônibus com estudantes em AL

Morreu nesta quinta-feira (6), em Arapiraca, no Agreste de Alagoas, a estudante de enfermagem Jeniffa Jânia de Lira Santos, de 21 anos, que estava internada na UTI da Unidade de Emergência do Agreste; ela era a única vítima do acidente ocorrido na AL-110, no município de São Sebastião, envolvendo dois ônibus escolares, que permanecia no hospital em estado grave; com o falecimento da estudante, sobe para sete o número de vítimas fatais

Morreu nesta quinta-feira (6), em Arapiraca, no Agreste de Alagoas, a estudante de enfermagem Jeniffa Jânia de Lira Santos, de 21 anos, que estava internada na UTI da Unidade de Emergência do Agreste; ela era a única vítima do acidente ocorrido na AL-110, no município de São Sebastião, envolvendo dois ônibus escolares, que permanecia no hospital em estado grave; com o falecimento da estudante, sobe para sete o número de vítimas fatais
Morreu nesta quinta-feira (6), em Arapiraca, no Agreste de Alagoas, a estudante de enfermagem Jeniffa Jânia de Lira Santos, de 21 anos, que estava internada na UTI da Unidade de Emergência do Agreste; ela era a única vítima do acidente ocorrido na AL-110, no município de São Sebastião, envolvendo dois ônibus escolares, que permanecia no hospital em estado grave; com o falecimento da estudante, sobe para sete o número de vítimas fatais (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Morreu nesta quinta-feira (6), em Arapiraca, a estudante de enfermagem Jeniffa Jânia de Lira Santos, de 21 anos, que estava internada na UTI da Unidade de Emergência do Agreste. Ela era a única vítima do acidente ocorrido na AL-110, no município de São Sebastião, envolvendo dois ônibus escolares, que permanecia no hospital em estado grave. A informação da morte foi confirmada por familiares da jovem.

Com o falecimento de Jeniffa, que morava em Teotônio Vilela e cursava o 7º período de Enfermagem na Ufal Campus Arapiraca, sobe para sete o número de vítimas fatais da colisão que comoveu e mobilizou os alagoanos. Mais de 40 pessoas ficaram feridas e foram atendidas na Unidade de Emergência do Agreste, mas todas já receberam alta.

O acidente entre os dois ônibus que transportavam estudantes para cidades vizinhas aos municípios de Teotônio Vilela e Junqueiro aconteceu na noite da última quinta-feira (30). Os veículos se chocaram de frente em um trecho da rodovia AL-110, em São Sebastião. Os dois motoristas dos coletivos, além de cinco estudantes morreram vítimas da colisão. Mais de 40 foram socorridos com vida. 

No dia seguinte ao ocorrido, a mobilização foi grande entre os alagoanos. Centenas de pessoas compareceram aos Hemocentros de Arapiraca e de Maceió para doar sangue para as vítimas feridas. O Governo do Estado decretou luto de três dias e as cidades de Junqueiro e Teotônio pararam para se despedir dos jovens estudantes. 

O caso está sendo investigado por uma comissão de delegados. Técnicos de manutenção dos veículos já foram ouvidos, assim como alguns sobreviventes da tragédia. Ainda não se pode afirmar o que teria provocado a invasão de pista por parte de um dos ônibus. 

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247