Mortes causadas por arboviroses crescem 92% em Pernambuco

Número de mortes em Pernambuco resultantes de a rboviroses cresceu 92% em apenas uma semana; segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o número de óbitos confirmados passou de 13 para 25. A chikungunya é a doença que mais tem causado vítimas: 20. Outras 5 pessoas faleceram em decorrência de dengue; segundo a SES, desde o início do ano foram registrados 199 óbitos notificados e relacionados com arboviroses

Número de mortes em Pernambuco resultantes de a rboviroses cresceu 92% em apenas uma semana; segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o número de óbitos confirmados passou de 13 para 25. A chikungunya é a doença que mais tem causado vítimas: 20. Outras 5 pessoas faleceram em decorrência de dengue; segundo a SES, desde o início do ano foram registrados 199 óbitos notificados e relacionados com arboviroses
Número de mortes em Pernambuco resultantes de a rboviroses cresceu 92% em apenas uma semana; segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o número de óbitos confirmados passou de 13 para 25. A chikungunya é a doença que mais tem causado vítimas: 20. Outras 5 pessoas faleceram em decorrência de dengue; segundo a SES, desde o início do ano foram registrados 199 óbitos notificados e relacionados com arboviroses (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - O número de mortes em Pernambuco resultantes de a rboviroses cresceu 92% em apenas uma semana. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o número de óbitos confirmados passou de 13 para 25. A chikungunya é a doença que mais tem causado vítimas: 20. Outras 5 vítimas faleceram em decorrência de dengue.

Ao todo, segundo a SES, foram registrados 199 óbitos notificados e relacionados com arboviroses desde o início do ano, sendo que todos os casos suspeitos estão sendo investigados. Ao todo, foram notificados 62,7 mil casos de dengue e 17,7 mil casos de chikungunya. Os casos de Zika somam 9,2 mil notificações.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email