Movimento LGBT faz ato para denunciar transfobia

O movimento LGBT realiza na manhã de hoje (10) um ato público contra a transfobia e em repúdio aos crimes cometidos contra as pessoas trans, em Fortaleza, nos últimos dias, em particular o assassinato de Dandara dos Santos e as agressões à Erika Isidoro.Com apitos, faixas, cartazes e bandeiras do movimento LGBT, os manifestantes vão fazer uma caminhada em direção ao Palácio da Abolição para cobrar políticas públicas e segurança para os travestis. A família de Dandara dos Santos está participando do evento usando camisas que denunciam o crime brutal que a vitimou

O movimento LGBT realiza na manhã de hoje (10) um ato público contra a transfobia e em repúdio aos crimes cometidos contra as pessoas trans, em Fortaleza, nos últimos dias, em particular o assassinato de Dandara dos Santos e as agressões à Erika Isidoro.Com apitos, faixas, cartazes e bandeiras do movimento LGBT, os manifestantes vão fazer uma caminhada em direção ao Palácio da Abolição para cobrar políticas públicas e segurança para os travestis. A família de Dandara dos Santos está participando do evento usando camisas que denunciam o crime brutal que a vitimou
O movimento LGBT realiza na manhã de hoje (10) um ato público contra a transfobia e em repúdio aos crimes cometidos contra as pessoas trans, em Fortaleza, nos últimos dias, em particular o assassinato de Dandara dos Santos e as agressões à Erika Isidoro.Com apitos, faixas, cartazes e bandeiras do movimento LGBT, os manifestantes vão fazer uma caminhada em direção ao Palácio da Abolição para cobrar políticas públicas e segurança para os travestis. A família de Dandara dos Santos está participando do evento usando camisas que denunciam o crime brutal que a vitimou (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O movimento LGBT realiza na manhã de hoje (10) um ato público contra a transfobia e em repúdio aos crimes cometidos contra as pessoas trans, em Fortaleza, nos últimos dias, em particular o assassinato de Dandara dos Santos e as agressões à Erika Isidoro. Apesar da chuva que caiu na cidade, ato está reunindo um grande número de militantes e apoiadores da causa LGBT, inclusive com caravanas vindas de outras cidades do interior e da Região Metropolitana de Fortaleza. A concentração é na Praça Luiza Távora.

Com apitos, faixas, cartazes e bandeiras do movimento LGBT, os manifestantes vão fazer uma caminhada em direção ao Palácio da Abolição para cobrar políticas públicas e segurança para os travestis. A família de Dandara dos Santos está participando do evento usando camisas que denunciam o crime brutal que a vitimou. Sete pessoas suspeitas do crime já estão presas.

Também deverá haver um outro ato hoje à noite, na região do Cariri, em Juazeiro do Norte, na Praça do Giradouro, na confluência do chamado Crajubar, que liga as cidades de Crato, Juazeiro e Barbalha.


Confira a programação do evento de Fortaleza:

09/03/17 
9h – Concentração na Praça Luíza Távora / CEART:
Atividades:
- Acolhida com música;
- Oficina de confecção de cartazes;
- Informes e falas da Comissão Organizadora do Ato;
- Apresentações de artistas LGBT: Homenagens às vitimas da TRANSFOBIA no Ceará;

10h30min – Caminhada em direção ao Palácio da Abolição;


11h20min – Concentração em frente ao Palácio da Abolição:
Atividades:
- Falas abertas das organizações, grupos e entidades da sociedade civil de defesa dos direitos humanos LGBT;
- Apresentações de artistas LGBT: Homenagens às vitimas da TRANSFOBIA no Ceará;
- Leitura da nota pública;
- Encaminhamentos da audiência com o governador;
- Encerramento.

JUSTIÇA PARA DANDARA, ÉRIKA E PARA TODAS!!!

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247