Movimento na base pede Baldy na vice de Eliton

Há políticos na base aliada marconista que defendem a indicação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy (PP), para vice do candidato a governador José Eliton (PSDB); a informação foi publicada neste sábado pelo jornal O Popular; presença de Baldy na chapa vai além de garantir o PP na coligação; ele hoje coordena um ministério com orçamento bilionário (com obras de grande impacto em habitação e mobilidade) e é braço direito do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), em articulações importantes no Congresso Nacional

Há políticos na base aliada marconista que defendem a indicação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy (PP), para vice do candidato a governador José Eliton (PSDB); a informação foi publicada neste sábado pelo jornal O Popular; presença de Baldy na chapa vai além de garantir o PP na coligação; ele hoje coordena um ministério com orçamento bilionário (com obras de grande impacto em habitação e mobilidade) e é braço direito do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), em articulações importantes no Congresso Nacional
Há políticos na base aliada marconista que defendem a indicação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy (PP), para vice do candidato a governador José Eliton (PSDB); a informação foi publicada neste sábado pelo jornal O Popular; presença de Baldy na chapa vai além de garantir o PP na coligação; ele hoje coordena um ministério com orçamento bilionário (com obras de grande impacto em habitação e mobilidade) e é braço direito do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), em articulações importantes no Congresso Nacional (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Há políticos na base aliada marconista que defendem a indicação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy (PP), para vice do candidato a governador José Eliton (PSDB). A informação foi publicada neste sábado pelo jornal O Popular.

A presença de Baldy na chapa vai além de garantir o PP na coligação. Ele hoje coordena um ministério com orçamento bilionário (com obras de grande impacto em habitação e mobilidade) e é braço direito do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), em articulações importantes no Congresso Nacional.

Baldy também ótimo trânsito junto à classe empresarial em Goiás, o que resulta das conexões que ele construiu como secretário de Indústria e Comércio do Estado entre 2011 e o começo de 2014.

O que se comenta nos bastidores é que, a princípio, Baldy disputará a reeleição para deputado federal. A revista Época publicou nota em que aposta que ele será campeão de votos em Goiás, caso decida mesmo buscar a renovação do seu mandato.

No início do mês, o ministro chegou a ser cotado, inclusive, para ser candidato da base ao governo, rifando Eliton. Questionado sobre o assunto, Baldy desconversou e em momento algum excluiu por completo a possibilidade.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247