Movimento ‘Optei’ cresce na bancada federal por disputa pelo comando do PT

A chapa nacional para a disputa pela direção do PT encabeçada pelas correntes Esquerda Popular e Socialista (EPS) e Novo Rumo tem ganhado influência dentro da bancada do partido na Câmara dos Deputados; membro da chapa, o deputado baiano Valmir Assunção acredita na participação massiva dos filiados no processo eleitoral que renovará as direções do PT e afirma ser necessário encontrar o ponto de unidade; "Defendemos o nome do ex-presidente Lula para o comando do PT nacional. Temos ainda muito para fazer neste país, Lula e o PT são ferramentas fundamentais dos trabalhadores e das trabalhadoras do Brasil", diz Valmir

A chapa nacional para a disputa pela direção do PT encabeçada pelas correntes Esquerda Popular e Socialista (EPS) e Novo Rumo tem ganhado influência dentro da bancada do partido na Câmara dos Deputados; membro da chapa, o deputado baiano Valmir Assunção acredita na participação massiva dos filiados no processo eleitoral que renovará as direções do PT e afirma ser necessário encontrar o ponto de unidade; "Defendemos o nome do ex-presidente Lula para o comando do PT nacional. Temos ainda muito para fazer neste país, Lula e o PT são ferramentas fundamentais dos trabalhadores e das trabalhadoras do Brasil", diz Valmir
A chapa nacional para a disputa pela direção do PT encabeçada pelas correntes Esquerda Popular e Socialista (EPS) e Novo Rumo tem ganhado influência dentro da bancada do partido na Câmara dos Deputados; membro da chapa, o deputado baiano Valmir Assunção acredita na participação massiva dos filiados no processo eleitoral que renovará as direções do PT e afirma ser necessário encontrar o ponto de unidade; "Defendemos o nome do ex-presidente Lula para o comando do PT nacional. Temos ainda muito para fazer neste país, Lula e o PT são ferramentas fundamentais dos trabalhadores e das trabalhadoras do Brasil", diz Valmir (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A chapa nacional para a disputa pela direção do Partido dos Trabalhadores (PT) encabeçada pelas correntes Esquerda Popular e Socialista (EPS) e Novo Rumo tem ganhado influência dentro da bancada do partido na Câmara dos Deputados.

Na quinta-feira (9), membros do movimento 'Optei' se reuniram e destacaram a necessidade de um programa partidário capaz de dar respostas contundentes à conjuntura política atual. Um dos membros da chapa, o deputado federal baiano Valmir Assunção acredita na participação massiva dos filiados no processo eleitoral que renovará as direções do PT e afirma ser necessário encontrar o ponto de unidade.

"Defendemos o nome do ex-presidente Lula para o comando do PT nacional. Existe a relação orgânica dele com os movimentos sociais, sindicais e populares. O MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra], por exemplo, é um desses movimentos. Temos ainda muito para fazer neste país, Lula e o PT são ferramentas fundamentais dos trabalhadores e das trabalhadoras do Brasil", diz Valmir.

O movimento 'Optei' já tem seis deputados federais: João Daniel (SE), Carlos Zarattini (SP), Valmir Assunção (BA), Luiz Caetano (BA), José Mentor (SP) e Décio Lima (SC) e fortes apoios partidários e sociais como o do atual presidente da legenda, Rui Falcão; do ex-ministro da Pesca, no governo de Lula, José Fritsch; da jovem Taíres Santos, vice-presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE); dos deputados estaduais Zé Américo (SP), Padre Pedro (SC).

A chapa disputa o comando do partido em cidades e estados estratégicos como a Bahia, com a candidatura da ex-prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva, e as capitais São Paulo e Salvador, com a vereadora Juliana Cardoso e a jovem Danielle Ferreira, respectivamente.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247