MPCE vai detalhar operação que prendeu empresários e contadores

Na manhã desta sexta-feira, dia 14, representantes do Ministério Público Estadual e o secretário da Fazenda, Mauro Filho, darão uma entrevista coletiva, para dar mais detalhes da operação realizada ontem (13), que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra dois contadores e três empresários do ramo de confecção no Estado, acusados de sonegação fiscal. Os envolvidos teriam atuação no mercado de feiras de confecção do Beco da Poeira e da Rua José Avelino

Na manhã desta sexta-feira, dia 14, representantes do Ministério Público Estadual e o secretário da Fazenda, Mauro Filho, darão uma entrevista coletiva, para dar mais detalhes da operação realizada ontem (13), que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra dois contadores e três empresários do ramo de confecção no Estado, acusados de sonegação fiscal. Os envolvidos teriam atuação no mercado de feiras de confecção do Beco da Poeira e da Rua José Avelino
Na manhã desta sexta-feira, dia 14, representantes do Ministério Público Estadual e o secretário da Fazenda, Mauro Filho, darão uma entrevista coletiva, para dar mais detalhes da operação realizada ontem (13), que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra dois contadores e três empresários do ramo de confecção no Estado, acusados de sonegação fiscal. Os envolvidos teriam atuação no mercado de feiras de confecção do Beco da Poeira e da Rua José Avelino (Foto: Fatima 247)

Ceará247 - Uma operação conjunta realizada na manhã desta quinta-feira (13/10) pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (GAESF), pela Secretaria da Fazenda do Estado (SEFAZ) e pela Polícia Civil, cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra dois contadores e três empresários do ramo de confecção no Estado, acusados de sonegação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que causou prejuízo de mais de R$ 100 milhões. As empresas envolvidas teriam atuação nas feiras de confecção do Beco da Poeira e da Rua José Avelino. Os dois contadores e um empresário foram presos. Os outros dois empresários estão foragidos.

O nome dos envolvidos e suas respectivas empresas, assim como detalhes sobre as acusações, ainda não foram divulgados pelas autoridades e a expectativa é que o MPCE divulgue hoje os detalhes sobre o caso. Nesta manhã, o procurador-geral de Justiça, Plácido Barroso Rios, o coordenador do GAESF, promotor de Justiça Hugo Vasconcelos Xerez, e o secretário da Fazenda, Mauro Filho, falarão com a imprensa sobre o caso, repassando mais detalhes da operação e das acusações contra os cinco envolvidos no crime de sonegação fiscal.

 
 
 

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247